Projeto prevê isenção de impostos para alimentos básicos; preços devem cair

A idéia é retirar o IRPJ, CSLL, PIS/Pasep e Cofins de itens como arroz, feijão, sal refinado, ovos, leite, carnes, entre outros

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – A Câmara do Deputados analisa um projeto de lei que torna alguns alimentos básicos isentos da cobrança do IRPJ (Imposto de Renda da Pessoa Jurídica), da CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido), do PIS/Pasep e da Cofins. A medida deve garantir menor preço dos produtos.

A proposta abrange arroz, feijão, sal refinado, milho, rapadura, açúcar mascavo, fubá, legumes, farinha de mandioca, leite, carnes e gorduras animais.

Redução dos preços

De acordo com informações da Agência Câmara, o projeto 1700/07, do deputado Rocha Loures (PMDB-PR), estipula que as isenções sejam aplicadas às receitas, aos resultados e aos lucros relativos à produção e à comercialização dos produtos no mercado interno. O benefício não inclui os itens destinados ao comércio exterior.

Para Loures, se aprovada, além de reduzir preços, a lei contribuirá para melhorar a qualidade da alimentação da população de baixa renda.

Compartilhe