Sustentabilidade

Petrobras (PETR3 PETR4) volta a fazer parte do índice Dow Jones de Sustentabilidade; veja quais companhias estão na carteira

A petrolífera foi excluída do índice por conta dos casos de corrupção investigados pela Lava-Jato e volta à carteira depois de seis anos

Por  Mitchel Diniz

SÃO PAULO – O índice Dow Jones de Sustentabilidade Global (DJSI World) anunciou sua nova constituição e vai contar com nove empresas brasileiras na carteira. As empresas passam por uma rigorosa avaliação anual, na qual respondem a um questionário fornecendo informações de conhecimento do público assim como informações que não são públicas.

Em comunicado ao mercado, a Petrobras (PETR3;PETR4) informou que voltará a integrar o índice Dow Jones de Sustentabilidade Global (DJISI World) após seis anos fora da carteira. A companhia informou que obteve nota máxima em quatro critérios para composição do índice: materialidade, relatório ambiental, riscos relacionados à água e relatório social.

“A companhia também se destacou nos critérios de mudança climática, ecoeficiência operacional, cidadania corporativa e filantropia, práticas trabalhistas  e impacto social na comunidade”, destacou o comunicado.

No texto, a Petrobras afirmou que está comprometida em acelerar a descarbonização de seus processos e produtos (reduzindo emissões de gases do efeito estufa). A petrolífera diz que, para isso, utiliza novas tecnologias, “atuando sempre de forma ética e transparente, com segurança em suas operações e respeito às pessoas e ao meio ambiente”.

A Petrobras fez parte do índice entre 2006 e 2015, mas foi excluída por conta das investigações de corrupção da operação Lava-Jato feitas na época.

O Itaú Unibanco (ITUB4) e sua holding, a Itaúsa (ITSA4), também comunicaram ao mercado que estão na nova composição do índice. “O Itaú Unibanco, companhia investida pela Itaúsa, é o único banco latino-americano a participar da composição do índice ininterruptamente  desde sua criação, em 1999”,  diz o texto do comunicado.

Tanto o banco quanto a holding conseguiram notas máximas em gestão de relacionamento com clientes, reporte ambiental e social, desenvolvimento de capital humano, inclusão financeira e direitos humanos. Ambas também foram selecionadas para compor uma segunda carteira, a do índice Dow Jones de Sustentabilidade de países emergentes.

No comunicado da Itaúsa, a empresa lembra que firmou compromisso para investir R$ 400 bilhões em iniciativas para desenvolvimento sustentável até 2025 e zerar emissões de carbono até 2050.

A nova carteira do DJSI World vai entrar em vigor na próxima segunda-feira (22), reunindo 325 empresas de 31 países. Além de Petrobras, de Itaú Unibanco e Itaúsa, compõem a carteira: LojasAmericanas (LAME4), Bradesco (BBDC4), Banco do Brasil (BBAS3), Cemig (CMIG4), Klabin (KLBN3) e Lojas Renner (LREN3).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dentre as empresas que serão adicionadas ao índice está a Alphabet, dona do Google, Medtronic e Gilead Sciences. Entre as excluídas, a Nestlé, Total Energies e Humana Inc.

CDB com 300% do CDI? XP antecipa Black Friday com rentabilidade diferenciada para novos clientes. Clique aqui para investir agora!

Compartilhe