Radar InfoMoney

Pardini (PARD3) e Fleury (FLRY3) marcam AGE para votar fusão; prévias de Tenda (TEND3), Trisul (TRIS3) e Gafisa (GFSA3) e mais

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta terça-feira (19)

Por  Felipe Moreira

O noticiário corporativo desta segunda-feira (18) tem como destaque a divulgação de dados operacionais das construtoras Tenda (TEND3), Trisul (TRIS3) e Gafisa (GFSA3).

A rede de laboratórios Hermes Pardini (PARD3) e Fleury (FLRY3) marcaram assembleia geral extraordinária para 18 de agosto para deliberar sobre fusão.

Enquanto isso, a Petrobras (PETR4) terá assembleia dia 19 de agosto para avaliar candidatos ao Conselho.

Por fim, Ecorodovias (ECOR3) comunicou que sua controlada Ecovias Araguaia obteve linha de crédito no valor de R$ 4,2 bilhões.

Confira mais destaques:

Petrobras (PETR3;PETR4)

O Conselho de Administração da estatal, em sessão com a participação apenas de seus membros que não foram indicados para nova eleição, o Conselho validou integralmente as análises do Comitê de Elegibilidade (CELEG) em relação aos candidatos indicados pelo acionista controlador e pelos acionistas minoritários para o CA da companhia.

O Conselho deliberou também, com a participação de todos os seus membros, por maioria, sobre a convocação de Assembleia Geral Extraordinária, a ser realizada em 19 de agosto. “O edital de convocação e o manual para participação na Assembleia serão divulgados ao mercado amanhã”, finalizou.

Ecorodovias (ECOR3)

A EcoRodovias (ECOR3) informou que sua controlada Ecovias do Araguaia obteve linhas de crédito de longo prazo junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco da Amazônia (BASA), no valor total de R$ 4,2 bilhões e com prazo de vencimento em setembro de 2051.

Hermes Pardini (PARD3) e Fleury (FLRY3)

A rede de laboratórios Hermes Pardini (PARD3) e Fleury (FLRY3) marcaram assembleia geral extraordinária para 18 de agosto para deliberar sobre fusão.

A operação resultará na titularidade, pelo Fleury, de todas as ações do Hermes Pardini. Ao mesmo tempo, os acionistas do laboratório mineiro receberão R$ 2,154102722 por ação, e também 1,213542977 ação ordinária do Fleury.

CCR (CCRO3)

A CCR (CCRO3) informou que a concessionária Renovias, que integra o grupo, assinou com o governo paulista um termo retificando o reconhecimento do desequilíbrio da equação político-financeira do contrato de concessão em favor da empresa decorrente da alteração do índice de reajuste das tarifas de pedágio.

O acordo também reequilibrou a concessão mediante a extensão de 482 dias no prazo do contrato com a Renovias, com término previsto para 7 de outubro de 2023.

Trisul (TRIS3)

A Trisul informou prévia operacional do 2T22 que mostrou alta de 61% nas vendas líquidas.

Participação da Trisul nas vendas líquidas cresceu para R$ 193 milhões no período, e as entregas subiram para R$ 420 milhões.

Gafisa (GFSA3)

A Gafisa (GFSA3) registrou vendas contratadas líquidas de R$ 203,4 milhões no segundo trimestre de 2022, um crescimento de 13% na comparação anual, segundo prévia operacional.

Vendas brutas totalizaram R$ 227,6 milhões no período, alta de 13% em relação ao mesmo trimestre de 2021.

Tenda (TEND3)

A Tenda (TEND3) informou que os lançamentos somaram R$ 769,1 milhões no segundo trimestre deste ano, queda de 22% na comparação anual.

Hypera (HYPE3)

O Conselho de Administração da Hypera aprovou emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em 3 séries, da espécie quirografária, para colocação privada, no valor total de R$ 750 milhões.

Omega (MEGA3)

A Omega (MEGA3) comunicou que assinou memorando de entendimentos com a Apolo Asset visando a celebração de contratos vinculantes para consecução de potencial transação envolvendo novo investimentos em centrais geradoras de energia solar.

A companhia e a Apolo Aset podem subscrever e integralizar, cada uma delas, montante entre R$ 100 milhões e R$ 250 milhões em ações de emissão de nova holding a ser constituída.

Dasa (DASA3)

A Dasa (DASA3) informou que direito de recesso referente à aquisição da Sall Par vai até 17 de agosto.

Light (LIGT3)

A Light (LIGT3) infomrou que recebeu correspondência da Verde Asset Management informando que fundos sob sua gestão passaram a deter 18.531.090 ações ordinárias de emissão da companhia, representativas de aproximadamente 4,97% do capital social da Light.

Estapar (ALPK3)

A Estapar (ALPK3) disse não ter “conhecimento da ocorrência de fato ou ato relevante não divulgado” pela empresa ao responder a questionamento da B3 sobre as oscilações das ações da companhia, que fecharam em forte alta nesta segunda-feira (18), de 29,55%, movimento semelhante ao do pregão de 6ª feira, quando avançaram 28,65%.

A Estapar também afirmou que “não possui qualquer motivo para acreditar que qualquer informação sigilosa e relevante tenha escapado ao seu controle” que justifique as movimentações atípicas registradas com relação às ações de sua emissão negociadas na B3, entre 5 e 18 de julho, período sob questionamento da Bolsa.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe