Criptoativos

Mineradores de Bitcoin criam conselho para discutir uso de energia limpa durante reunião com Elon Musk

Informação dada por Elon Musk no Twitter ajudou o Bitcoin a ganhar força e encostar na marca de US$ 40 mil

arrow_forwardMais sobre
Elon Musk
(Bloomberg)

SÃO PAULO – O CEO da montadora de veículos elétricos Tesla, Elon Musk, afirmou em seu Twitter nesta segunda-feira (24) que teve uma reunião “promissora” com mineradores de Bitcoin dos Estados Unidos para tratar sobre o uso de energia limpa no processo realizado por eles.

“Falei com mineradores de Bitcoin nos EUA. Eles se comprometeram a publicar um estudo mostrando o uso atual de energia e um planejamento para usar energia renovável. Muito promissor”, afirmou ele na rede social.

A informação ajudou a criptomoeda a aumentar sua valorização durante esta tarde, se aproximando da marca de US$ 40 mil após fortes quedas nos últimos dias. Mais cedo, o Bitcoin já registrava fortes ganhos.

Às 18h40 (horário de Brasília), a moeda digital tinha alta de cerca de 15%, cotada a US$ 39.148, enquanto em reais os ganhos eram de 13%, para R$ 208.498.

Safiri Felix, diretor de produtos da Transfero, diz que o tuíte de Musk ajudou a impulsionar o Bitcoin, que já estava se recuperando das quedas no fim de semana após as declarações de Ray Dalio, gestor do maior hedge fund do mundo, o Bridgewater.

“A sinalização do Ray Dalio é super importante, pode puxar a fila de outros gestores”, explica. Mas, questionado se as moedas podem oscilar menos nos próximos dias após as notícias recentes, Felix negou. “Volatilidade é inerente aos criptoativos.”

Musk tem sido creditado como um dos motivos para a queda recente do Bitcoin. Após a Tesla anunciar em fevereiro que passaria a aceitar a criptomoeda como meio de pagamento por seus veículos, o executivo suspendeu esse uso há cerca de duas semanas por conta do seu impacto ambiental.

PUBLICIDADE

“Estamos preocupados com o uso crescente de combustíveis fósseis para mineração e transações com bitcoins, especialmente carvão, que tem as piores emissões que qualquer combustível”, disse ele na ocasião.

Agora, o CEO da Tesla parece estar tentado ajudar a melhorar o consumo do processo de mineração – responsável pela criação de novos bitcoins -, levando mineradores a buscarem o uso de energia renovável para isso.

Logo após o tuíte de Musk nesta segunda, o CEO da Microstrategy, Michael Saylor, disse que organizou uma reunião entre o CEO da Tesla e alguns mineradores de Bitcoin que levou à formação do “Bitcoin Mining Council” (“Conselho de Mineração de Bitcoin”, em tradução livre), que promoverá a sustentabilidade do processo.

Invista nos fundos de criptomoedas mais acessíveis do mercado: abra uma conta gratuita na XP!