Levantamento

Mercado Livre ultrapassa a Vale e se torna a empresa mais valiosa da América Latina; confira ranking

Segundo a consultoria Economatica, a companhia argentina terminou a quinta-feira avaliada em US$ 60,6 bilhões, contra US$ 59,3 bilhões da mineradora

(Divulgação)

SÃO PAULO – Na última quinta-feira (6), a empresa argentina de comércio eletrônico Mercado Livre ultrapassou a mineradora brasileira Vale (VALE3) e se tornou a companhia mais valiosa da América Latina.

Ao fim do último pregão, o Mercado Livre era avaliado em US$ 60,6 bilhões, contra US$ 59,3 bilhões da Vale, segundo dados da consultoria Economatica. Na terceira posição ficou a Petrobras (PETR3; PETR4), com US$ 57,5 bilhões.

Com capital aberto na bolsa americana Nasdaq, a empresa argentina foi uma das grandes vencedoras do segundo trimestre, com suas ações valorizando 101,8% entre abril e junho. Isso a deixa apenas atrás da Tesla, que saltou 106,1%, entre as 100 empresas que fazem parte do índice de tecnologia.

PUBLICIDADE

E mesmo no Brasil, onde companhias como Magazine Luiza (MGLU3), B2W (BTOW3) e Via Varejo (VVAR3) têm registrado bons desempenhos por conta do consumo na pandemia, a Mercado Livre também deve ser a grande “vencedora”.

Esta foi a avaliação feita pelo Bradesco BBI no fim de julho, quando elevou sua recomendação para a companhia para o equivalente a compra. “Esperamos que o Mercado Livre tenha um trimestre muito mais forte no Brasil do que o esperado no início da crise do Covid-19, em março”, disseram os analistas.

Segundo eles, a companhia argentina deve adicionar mais crescimento de vendas online (GMV), com cerca de R$ 4 bilhões, se comparado com os pares locais, cuja expectativa é de aumento de R$ 3 bilhões a R$ 3,5 bilhões.

O resultado da empresa será divulgado na segunda-feira (10) e, no dia seguinte, Stelleo Tolda, diretor de operações do Mercado Livre, e Tulio Oliveira, vice-presidente do Mercado Pago, participarão de uma live no InfoMoney, como parte da série Por dentro dos resultados. Eles vão comentar os resultados do ano e responder dúvidas de quem estiver assistindo. Veja como participar.

As mais valiosas da América Latina

Segundo o levantamento feito pela Economatica, das 20 empresas mais valiosas da América Latina, 14 são brasileiras. O México ficou com quatro representantes, enquanto Colômbia e Argentina tiveram apenas um.

O setor financeiro foi o grande destaque, com sete companhias, todas do Brasil: os bancos Itaú (ITUB4), Bradesco (BBDC3; BBDC4), BTG (BPAC11), Santander Brasil (SANB11) e Banco do Brasil (BBAS3), além da B3 (B3SA3) e também a XP Inc., que também abriu seu capital nos Estados Unidos e está em nono lugar, avaliada em US$ 27,59 bilhões.

PUBLICIDADE

Do México, as empresas da lista foram Wal-Mart Mexico, América Móvil, Grupo México e Fomento Economico Mexicano SAB, ao passo que a representante colombiana foi a petroleira Ecopetrol.

Confira o ranking:

(Economatica)

Aprenda a fazer trades com potencial de ganho de R$ 50 a R$ 500 operando apenas 10 minutos por dia: inscreva-se gratuitamente na Semana dos Vencedores