Sucesso precoce

Marketplace de NFT da GameStop supera volume de vendas da Coinbase na primeira semana

Marketplace da varejista de videogames alcançou US$ 7,2 milhões em volume de vendas nos primeiros dias; coleção MetaBoy é a mais vendida até agora

Por  CoinDesk -

O mercado de tokens não fungíveis (NFTs) da varejista de videogames GameStop está provando ser um sucesso precoce entre os colecionadores de artes digitais, somando mais de 5.000 Ethereum (ETH) – cerca de US$ 7,2 milhões – em volume de negociação desde seu lançamento, em 11 de julho. O montante representa mais que o dobro do volume total da concorrente Coinbase, segundo dados compilados pelo CoinDesk.

Desse sucesso inicial, cerca de US$ 1,7 milhão (ou vendas de 1.200 ETH) veio do projeto MetaBoy, a principal coleção da empresa desde o lançamento. Na estreia na plataforma, o marketplace teve um volume de negociação da ordem de US$ 2,7 milhões (ou 1.831 ETH), com as vendas diárias caindo constantemente desde então.

Para critério de comparação, o produto concorrente da exchange de criptomoedas Coinbase faturou apenas 1.913 ETH (cerca de US$ 2,8 milhões) em vendas desde seu lançamento, em 4 de maio, segundo dados da Dune Analytics.

Os problemas da plataforma de NFT da Coinbase começaram desde cedo, com dados de volume até mesmo de sua fase beta se mostrando decepcionantes. As falhas do marketplace da Coinbase também foram objeto de escrutínio depois que a empresa demitiu mais de 1.000 funcionários em junho.

 

O que explica o sucesso da GameStop?

A popularidade da loja de NFTs da GameStop provavelmente pode ser atribuída mais aos seguidores leais da marca do que à tecnologia utilizada. O sentimento em torno do marketplace da GameStop entre entusiastas no Twitter tem sido amplamente positivo, enquanto a Coinbase e a imagem de sua empresa têm ido na direção oposta.

Além disso, o sucesso da GameStop ocorre apesar de cobrar uma taxa de 2,25%, enquanto a Coinbase continua oferecendo negociação com taxa zero para atrair novos usuários.

O mercado de NFTs não é o único produto de Web 3.0 que a GameStop lançou nos últimos meses. Em maio, a varejista de games lançou sua própria carteira dedicada a criptomoedas e NFTs, que elevou brevemente o preço das ações da empresa negociadas em Nova York.

A GameStop também anunciou recentemente um fundo de US$ 100 milhões para financiar o desenvolvimento de jogos, em parceria com a Immutable X.

Ambos os marketplaces permanecem a uma boa distância da plataforma líder do setor, OpenSea, que registrou US$ 120 milhões em vendas de ETH na semana passada, de acordo com dados do DappRadar.

As ações da GameStop encerraram o pregão de terça-feira (19) em alta de 3,45% em Nova York, negociadas a US$ 151,70.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe