Invasão

Localiza confirma incidente de segurança cibernética; grupo hacker assume autoria

Em comunicado, a empresa afirmou que não há evidência de acesso à base de dados ou vazamento de informações pessoais

Por  Mitchel Diniz -

Em comunicado ao mercado, a Localiza (RENT3) informou que alguns dos sistemas da empresa e de suas subsidiárias sofreram interrupção parcial de funcionamento na madrugada desta terça-feira. No texto arquivado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa cita “um incidente de segurança cibernético envolvendo a companhia”.

A Localiza também informou que, até o momento, não há evidência de acesso à base de dados, extração ou vazamento de informações pessoais. A empresa, entretanto, não entrou em detalhes sobre o incidente, tampouco confirmou a autoria de grupos hackers.

No aplicativo de mensagens Telegram, o grupo hacker Lapsus$ informou ter sido responsável pelo ataque ao website da Localiza. No mês passado, o grupo se identificou como autor do ataque aos sistemas do Ministério da Saúde e do Conect Sus. Até hoje as atualizações sobre casos de Covid-19 e registros de vacinação estão prejudicados por conta desse ataque.

Em outubro do ano passado, a CVC Brasil (CVCB3) sofreu um ataque do tipo ransomware em seu ambiente de tecnologia. Esses ataques se caracterizam pelo sequestro de dados para extorsão e têm se tornado cada vez mais comum.

Leia mais: A ameaça crescente do ransonware

Na tarde desta terça-feira, a página da Localiza na internet funcionava normalmente. As ações RENT3 fecharam em alta de 1,44%, a R$ 49,20.

Compartilhe