Bolsa

Ibovespa Futuro abre em alta, com exterior positivo; dólar recua

Em semana mais curta, com feriado nesta terça-feira, reduzindo o volume negociado, os investidores digerem as perdas de 6,7% do mês de outubro

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO –  O Ibovespa Futuro abriu em alta nesta segunda-feira (1º), avançando 0,45%, aos 105.200, acompanhando as altas dos mercados internacionais.

Já o dólar abriu em queda de 0,10%, cotado a R$ 5,6403, enquanto o dólar futuro avança 0,18% a R$ 5,6700.

Em semana mais curta, com feriado nesta terça-feira no Brasil, o que deve reduzir o volume negociado hoje no Ibovespa, os investidores digerem, nesta sessão, as perdas de 6,7% do mês de outubro.

Assim, pode ocorrer na sessão desta segunda-feira (1º) alguma correção dos excessos de perdas dos últimos dias. No acumulado do ano, a bolsa já recuou 13% neste ano.

No noticiário local, o mercado elevou as projeções para a taxa Selic, que passaram para este ano de 8,75%, da semana passada, para 9,25%, nesta semana. Já para 2022, as projeções subiram de 9,50% para 10,25%.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2023 recua 0,02 ponto porcentual, para 12,29%; DI para janeiro de 2025 cai 0,01 ponto porcentual, para 12,34%; e o DI para janeiro de 2027 cedia 0,01 ponto porcentual, para 12,34%, na abertura dos negócios.

No mais, a agenda da semana será intensa com ata do Copom, Fomc, emprego nos EUA e resultados de Itaú e Bradesco.

Exterior positivo

Já os índices futuros americanos operam com alta, em uma semana que deve ser marcada pela divulgação de resultados, uma reunião importante do Federal Reserve na quarta-feira, e o relatório de empregos relativo a outubro, na sexta.

A expectativa geral é de que o Fed anuncie após sua reunião de quarta que pretende reduzir o ritmo mensal de compras de títulos, atualmente em US$ 120 bilhões, encerrando o programa integralmente até meados de 2022.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Também há expectativa sobre potenciais comentários do Fed a respeito de inflação, que tem se tornado um tema globalmente. Espera-se que o relatório de empregos de sexta indique mais contratações, em meio às quedas de novos casos de Covid.

Ainda no radar a sequência da safra de balanços, que, até o momento, já teve cerca de metade das empresas componentes do S&P divulgando seus resultados trimestrais, com mais de 80% delas superando as estimativas de analistas de Wall Street ouvidos pela Refinitiv.

Curso inédito “Os 7 Segredos da Prosperidade” reúne ensinamentos de qualidade de vida e saúde financeira. Faça sua pré-inscrição gratuita.

Compartilhe