Ecorodovias (ECOR3) tem alta no tráfego, Inter (INBR32) adquire plataforma de crédito imobiliário nos EUA e mais notícias

Confira os principais destaques do noticiário corporativo desta quarta-feira (8)

Felipe Moreira

Infraestrutura

Publicidade

O radar corporativo desta quarta-feira (8) traz a Ecorodovias (ECOR3) que registrou crescimento de 24,2% no tráfego consolidado de janeiro de 2023.

O Banco Inter (INBR32) adquiriu 100% do capital social da YellowFi, como forma de expandir a oferta de produtos nos EUA.

A Light negou a informação de que a companhia estaria na iminência de pedir recuperação judicial.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O Itaú (ITUB4) lucrou R$ 7,67 bilhões no quarto trimestre de 2022, abaixo do esperado Refinitiv, que apontava para lucro líquido de R$ 8,239 bilhões.

A BR Properties (BRPR3) registrou prejuízo de R$ 70,5 milhões no 4º trimestre, alta de 49% na base anual.

Confira mais destaques:

Continua depois da publicidade

Ecorodovias (ECOR3)

A Ecorodovias informou um volume de tráfego consolidado de 39,7 milhões em janeiro de 2023, um crescimento de 24,2% na comparação com janeiro de 2022.

O tráfego comparável foi de 34,6 milhões em janeiro deste ano, alta de 8,4% na comparação ano a ano.

Marisa Lojas (AMAR3)

A Marisa Lojas informa que o diretor presidente Adalberto Pereira dos Santos renunciou à presidência da empresa. Interinamente, Alberto Kohn de Penhas, atual vice-presidente Comercial e executivo, assumirá o comando na empresa.

Em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa informa ainda que o membro do conselho de administração, Marcelo Adriano Casarin também renunciou ao cargo.

Banco Inter (INBR32)

O Banco Inter (INBR32) adquiriu 100% do capital social da plataforma de crédito imobiliário YellowFi (YellowFi Mortgage LLC e YellowFi Management LLC), como forma de expandir a oferta de produtos nos EUA. O valor da operação não foi revelado.

Como parte da transação, Cassio Segura, sócio da YellowFi e ex-CEO do BB Americas, passará a fazer parte da equipe executiva do Inter.

Light (LIGT3)

A Light negou a informação de que a companhia estaria na iminência de pedir recuperação judicial e, portanto, a companhia entende que a alegação veiculada na mídia não configuraria uma hipótese de divulgação de fato relevante.

A distribuidora elétrica ainda mencionou que recentemente contratou a Laplace Finanças para assessorá-la na avaliação de estratégias financeiras que viabilizem a melhoria de sua estrutura de capital e de alternativas para tanto.

Oncoclínicas (ONCO3)

A Oncoclínicas celebrou contrato para aquisição da totalidade das ações representativas do capital social da Far.me Farmacoterapia Otimizada.

Com atuação na grande São Paulo e em Belo Horizonte, a Far.me é uma farmácia especializada na oferta do serviço de atendimento personalizado e digital, composto pela assinatura mensal de entrega de medicamentos separados por data e hora, de acordo com a prescrição médica do paciente.

Para aquisição do restante da participação societária da Far.Me, a Companhia integralizou mútuos realizados em 2021 e 2022 com valor atualizado de aproximadamente R$ 20,6 milhões e irá pagar um montante adicional de R$ 4,0 milhões, sendo que R$ 2,7 milhões foram pagos no dia 06 de fevereiro de 2022. A receita da Far.Me em 2022 foi de aproximadamente R$ 8,0 milhões.

Itaú Unibanco (ITUB4)

O Itaú (ITUB4) registrou lucro recorrente gerencial, excluindo itens extraordinários de R$ 7,668 bilhões no quarto trimestre deste ano. O número é 5,1%  menor que o registado no terceiro trimestre. Na comparação com o mesmo período do ano passado, a cifra cresceu 7,1%.

O consenso Refinitiv apontava para lucro líquido reportado de R$ 8,239 bilhões.

Banco Pine (PINE4)

O Banco Pine (PINE4) lucrou de forma líquida R$ 22,4 milhões no quarto trimestre de 2022, contra lucro de R$ 1,3 milhão no mesmo período de 2021.

O retorno sobre patrimônio líquido (ROE, na sigla em inglês) anualizado do quarto trimestre foi de 10,4%. “A melhoria nos números é explicada pela maior eficiência operacional e maior geração de receitas no período”, diz relatório.

Banco ABC (ABCB4)

O Lucro Líquido do Banco ABC atingiu R$ 800,2 milhões em 2022, um crescimento de 39,9% em relação a 2021, enquanto o Retorno sobre Patrimônio Anualizado (ROAE) no período foi de 16,2%.

No 4º trimestre de 2022, o Lucro Líquido atingiu R$197,3 milhões, uma redução de 9,6% no trimestre e um crescimento de 21,8% em relação ao mesmo período do ano anterior – equivalente a um ROAE de 15,3%.

BrasilAgro (AGRO3)

A BrasilAgro (AGRO3) teve um prejuízo líquido de R$ 12,9 milhões no segundo trimestre da safra 2022/23, encerrado em dezembro. O resultado veio pior que o de igual período do ano-safra anterior, quando a companhia obteve lucro líquido de R$ 299,3 milhões.

O CEO da BrasilAgro, André Guillaumon, indica dois grandes fatores para justificar o prejuízo no trimestre. Um deles é a diferença de cerca de R$ 235 milhões no ganho obtido com a venda de áreas no segundo trimestre ano passado, quando a empresa faturou R$ 251,5 milhões no período – neste trimestre, o lucro foi de R$ 16,6 milhões, uma diferença de 93%.

BR Properties (BRPR3)

A BR Properties (BRPR3) reportou prejuízo líquido de R$ 70,5 milhões no quarto trimestre de 2022 (4T22), prejuízo 49% superior ao reportado no mesmo intervalo de 2021, informou a companhia nesta terça-feira (7).

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado totalizou R$ 5,2 milhões no 4T22, uma queda de 90% em relação ao 4T21.

JHSF (JHSF3)

O Conselho de Administração da JSHF aprovou a continuidade dos efeitos de recompra de ações da companhia, com vigência até 7 de fevereiro de 2024, no limite de 28 milhões de ações ordinárias, representando 9,48% do total de ações da companhia em
circulação no mercado.

“As ações que vierem a ser adquiridas serão mantidas em tesouraria para posterior cancelamento, alienação ou, ainda, para o exercício de opções de ações, com a finalidade de maximizar a geração de valor para todos os acionistas”, diz comunicado.

Sanepar (SAPR11)

A Sanepar (SAPR11) e a prefeitura de Maringá (PR) emitiram um pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender pelo prazo de 30 dias uma ação civil pública sobre o contrato de prestação de serviços de água e esgoto que tramita na corte desde 2022.

Esse contrato, que agora está sendo questionado judicialmente, foi assinado em 1996. A Sanepar propõe ao município consiste no repasse de R$ 217 milhões, que deverá ser feito por meio de Fundo Municipal de Saneamento Básico e Meio Ambiente e ainda a manutenção dos serviços até 2040.

Infracommerce (IFCM3)

A Infracommerce (IFCM3) divulgou suas projeções de ebitda ajustado e capex para este ano. O primeiro, deverá ficar entre R$ 150 milhões e 170 milhões; e o segundo, deverá ficar entre R$ 120 milhões e 140 milhões.

Raízen (RAIZ4)

A Raízen (RAIZ4) informou que a Hédera Investimentos e Participações vendeu a totalidade das suas 330.602.900 de ações PN de emissão da companhia, que representavam 24,3% do total de papéis do tipo.