Dividendo e investimento da Petrobras dependem de informações da empresa, diz Haddad

Ações da Petrobras vêm sofrendo com a interpretação por parte do mercado de que o governo estaria intervindo na empresa

Reuters

Fernando Haddad, ministro da Fazenda (Diogo Zacarias/Ministério da Fazenda)

Publicidade

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou nesta quarta-feira que o conselho da Petrobras aguarda “informações finais” da diretoria da estatal para decidir sobre como prosseguir com o plano de investimentos e com a distribuição de dividendos extraordinários da companhia.

“A decisão sobre dividendos ela é um desdobramento da execução do plano de investimentos da Petrobras. Toda a questão que está para ser debatida pela diretoria e depois pelo conselho é se vai ou não faltar recursos para execução do plano de investimento”, disse Haddad a jornalistas.

“O que nós estamos esperando são as informações finais da diretoria da Petrobras com base nas provocações que foram feitas pelos membros do conselho.”

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O ministro também disse na entrevista que as discussões sobre a reoneração da folha de salários estão “mornas” nesta semana, mas devem ganhar força na próxima semana.