Criptos hoje

Volta do otimismo leva à disparada de altcoins; Axie, Cardano, Dogecoin e ApeCoin lideram ganhos de até 23%

Capital que saiu de altcoins e migrou para stablecoins (moedas estáveis) começa a voltar em meio a um maior apetite ao risco

Por  Paulo Alves, CoinDesk -

As criptomoedas alternativas ao Bitcoin, chamadas de altcoins, roubam a cena nesta quinta-feira (24) e têm disparada em meio a um maior apetite ao risco entre investidores, indicando que a temporada de baixa de criptos pode ter terminado, e que más notícias como aperto monetário e os efeitos da guerra na Ucrânia já estão precificados.

Com projeções sobre uma alta do Ethereum (ETH) ganhando força, demais altcoins já reagem positivamente e sobem até 23% nas últimas 24 horas, caso do Axie Infinity (AXS), token do jogo homônimo.

Nenhuma novidade específica parece impulsionar o preço, para além da crescente adoção do game: segundo dados do monitor DappRadar, o jogo já acumula US$ 1,47 bilhão em criptomoedas depositadas.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Outros destaques dão Cardano (ADA), que sobe 16% e já acumula 35% de valorização na semana – também sem um catalisador específico de preço, a não ser a reação a um otimismo crescente por parte de investidores de que o projeto pode finalmente dar certo no futuro.

Até mesmo criptos sem fundamento conhecidas como meme coins disparam hoje, em sinal de irracionalidade típico de mercados de alta. A Dogecoin (DOGE), por exemplo, avança 14%.

Já a ApeCoin (APE), que surgiu há uma semana, salta quase 13% e já vale mais de US$ 2,3 bilhões após os criadores da coleção NFT Bored Ape Yatch Club receberem aporte de US$ 450 milhões.

  • Assista: Vale a pena ou é cassino? Tudo sobre a ApeCoin, criptomoeda que disparou 1.800% em 1 dia

Segundo analistas, no entanto, o desempenho das altcoins ainda depende do comportamento do Bitcoin: se a principal criptomoeda virar para baixa, deve trazer o mercado inteiro junto.

Por ora, dados sugerem que compradores podem permanecer ativos acima do nível de suporte de US$ 40 mil. Para o analista Damanick Dantes, há espaço para ganhos adicionais, mas uma resistência em US$ 46.700 pode interromper o salto de preço.

O volume de negociação do Bitcoin permanece baixo em relação aos máximos anteriores. O nível de US$ 46 mil é chave: segundo Dantes, se o Bitcoin romper essa zona deve incentivar investidores e gerar uma nova onde de alta em direção aos US$ 50 mil.

Por enquanto, o BTC permanece na mesma faixa de negociação na qual já é negociado há um mês, tentando reverter uma tendência de baixa de quatro meses.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h15:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 42.943,67+1,6%
Ethereum (ETH)US$ 3.041,56+2,6%
Binance Coin (BNB)US$ 409,35+1,6%
XRP (XRP)US$ 0,833370+0,8%
Terra (LUNA)US$ 1,13+16,1%

 

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Axie Infinity (AXS)US$ 64,01+23,2%
Cardano (ADA)US$ 1,13+16,1%
Dogecoin (DOGE)US$ 0,139295+13,8%
ApeCoin (APE)US$ 13,72+12,5%
Xido Finance (XIDO)US$ 33,98+10,4%

 

As criptomoedas com as maiores quedas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Ethereum Classic (ETC)US$ 43,58-9,3%
Loopring (LRC)US$ 1,10-7,3%
Kusama (KSM)US$ 159,11-4%
Juno (JUNO)US$ 30,24-4,3%
Helium (HNT)US$ 24,39-3,2%

 

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 36,65-3,45%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 49,10-2,13%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 43,30-2,08%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 40,00-3,35%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 12,90-2,49%
QR Ether (QETH11)R$ 10,55-2,94%
QR DeFi (QDFI11)R$ 7,19-2,7%

 

Veja as principais notícias do mercado cripto desta quinta-feira (24):

Senado dos EUA vota projeto de lei sobre Bitcoin em El Salvador

O senado dos EUA votará um projeto de lei que visa mitigar os riscos para o sistema financeiro do país norte-americano em decorrência da adoção do Bitcoin como moeda legal por El Salvador.

“Como El Salvador adotou o Bitcoin como moeda legal, é importante que entendamos e mitiguemos os riscos potenciais para o sistema financeiro dos EUA”, disse o senador James Risch, um dos autores da matéria, em comunicado na quarta-feira (23)

Uma das providências presentes no projeto é o monitoramento das remessas de dólares para El Salvador. O presidente de El Salvador, Nayib Bukele, expressou descontentamento depois que o projeto foi aprovado por um comitê do senado em fevereiro.

“Nunca em meus sonhos mais loucos eu teria pensado que o governo dos EUA teria medo do que estamos fazendo aqui”, publicou no Twitter na tarde de ontem.

El Salvador adotou o Bitcoin como moeda legal no segundo semestre do ano passado, lançando uma carteira oficial e oferecendo incentivos para o uso do Bitcoin. Bukele também anunciou a emissão de US$ 1 bilhão títulos da dívida lastreados em Bitcoin, mas o plano foi adiado.

Honduras desmente rumores sobre adoção de Bitcoin como moeda legal

O Banco Central de Honduras (BCH) desmentiu rumores que circulavam nas redes sociais sobre um possível anúncio iminente de que o Bitcoin (BTC) se tornaria moeda legal no país.

“O Bitcoin no momento em nosso país não é regulamentado”, disse o BCH na quarta-feira em um comunicado oficial. O banco central hondurenho também reafirmou que é o único emissor de moeda legal em Honduras.

O anúncio de hoje vem após a expectativa de que o presidente de Honduras, Xiomara Castro, iria acompanhar o vizinho El Salvador e anunciar um plano para tornar o Bitcoin moeda legal.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe