Criptos hoje

Bitcoin vai a US$ 33 mil e bate mínima em 3 meses; Ethereum cai 4% e UST perde paridade

Mercado cripto segue em derrocada e Bitcoin caminha para seu quinto dia seguido de perdas

Por  Rodrigo Tolotti, CoinDesk -

O Bitcoin (BTC) segue em queda nesta segunda-feira (9), caminhando para seu quinto dia de perdas e com risco de bater seu pior patamar de 2022 conforme o mau humor do mercado continua.

Ontem a maior criptomoeda do mundo atingiu sua mínima desde 24 de janeiro ao chegar a US$ 33.710 e agora, caso atinja os US$ 32.951 irá renovar seu menor valor desde julho do ano passado.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Nesta manhã, o Bitcoin opera com perdas de cerca de 3% no acumulado de 24 horas, cotado levemente abaixo de US$ 33.500, puxando também as altcoins, como o Ethereum (ETH), que recua 4%, a US$ 2.450.

Os motivos da queda seguem ligados ao receio de que a política de aperto monetário dos EUA e outros bancos centrais no mundo afetem o desempenho de ativos mais arriscados. Se de um lado o aumentos dos juros torna os treasuries americanos mais atrativos, também reduz o crescimento econômico e afeta a bolsa, que já tende a sofrer com a menor disponibilidade de liquidez injetada pelo Federal Reserve para enfrentar a crise da Covid.

Na sexta, o chamado Payroll nos EUA mostrou que o crescimento do emprego permaneceu robusto no mês passado, em um nível que deve continuar a preocupar o Fed sobre um mercado de trabalho muito apertado. À medida que mais empregadores competem por trabalhadores, os salários podem começar a subir, aumentando as pressões inflacionárias e forçando o Fed a apertar as condições monetárias mais rapidamente.

“O BTC continuou sendo pressionado pelas pressões macro e pelo sentimento geral do mercado”, disse Joe DiPasquale, CEO da gestora de fundos de criptomoedas BitBull Capital, ao CoinDesk. “O FOMC resultou em volatilidade, mas o movimento de alta durou pouco”.

DiPasquale espera que o Bitcoin caia ainda mais, “especialmente porque a política monetária continua a se contrair”, mas não vê a criptomoeda caindo abaixo da faixa entre US$ 25 mil e US$ 30 mil, mesmo que a queda atinja proporções extremas. Por outro lado, ele não descarta “um salto no curto prazo”, já que o vencimento das opções de maio de aproximadamente US$ 1,3 bilhão na bolsa de futuros de Bitcoin Deribit se aproxima.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h10:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 33.518,58-3,03%
Ethereum (ETH)US$ 2.447,14-4,02%
Binance Coin (BNB)US$ 341,99-3,61%
XRP (XRP)US$ 0,5459-4,42%
Solana (SOL)US$ 74,16-5,10%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Near Protocol (NEAR)US$ 11,16+8,61%
Waves (WAVES)US$ 13,60+5,44%
Tron (TRX)US$ 0,08536+4,16%
Monero (XMR)US$ 209,12+3,42%
Icon (ICX)US$ 0,6127+3,13%

As criptomoedas com as maiores quedas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Shiba Inu (SHIB)US$ 0,00001731-8,31%
Kava (KAVA)US$ 3,23-8,05%
Cardano (ADA)US$ 0,6869-7,50%
Aave (AAVE)US$ 121,37-7,37%
Maker (MKR)US$ 1.164,20-7,19%

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 33,40+0,30%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 43,54+0,55%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 40,90+1,11%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 33,71-5,86%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 36,52+8,27%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 11,43-1,46%
QR Ether (QETH11)R$ 9,94-0,50%
QR DeFi (QDFI11)R$ 6,01+1,00%

Veja as principais notícias do mercado cripto desta segunda-feira (9):

Stablecoin UST perde brevemente a paridade com o dólar

A stablecoin TerraUSD (UST) perdeu brevemente sua indexação ao dólar no sábado, caindo para US$ 0,987 antes de se recuperar no domingo. Já o token Terra (LUNA), caiu 10%.

Como a maior stablecoin algorítmica, a UST emergiu como uma importante – embora controversa – espinha dorsal da economia criptográfica.

A perda da paridade neste fim de semana não foi a primeira (nem a maior) na história da Terra, mas marca a primeira vez que a stablecoin algorítmica sofreu essa situação desde que começou a construir reservas de Bitcoin e Avalanche.

O caso não fez com que a Terra explorasse suas reservas de Bitcoin no sábado, já que a implantação de centenas de milhões de dólares em capital de resgate parecia suficiente para impulsionar o token de volta para cerca de US$ 1.

Instagram irá suportar NFTs de Ethereum, Polygon, Solana e Flow

NFTs de algumas das redes blockchain mais populares para arte criptográfica estão chegando ao Instagram com o anúncio de um piloto que deve ser feito nesta segunda-feira.

A mídia social de propriedade da Meta está planejando integrações de token não fungível (NFT) para Ethereum, Polygon, Solana e Flow, segundo informações do CoinDesk. Essas redes hospedam a grande maioria das negociações de colecionáveis digitais, com o Ethereum e seus Bored Apes liderando o caminho com o maior valor de mercado.

O piloto contará com um pequeno grupo de aficionados por NFT baseados nos EUA. Não ficou imediatamente claro se o Instagram suportaria NFTs de todas as quatro redes no lançamento.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe