Criptos hoje

Bitcoin sobe acima de US$ 42 mil, altcoins têm dia misto e token dispara 40% após parceria com a Coinbase

Maior criptomoeda do mundo segue sustentando ganhos que já chegam a três dias, apesar de noticiário mais fraco

Por  Rodrigo Tolotti, CoinDesk

O Bitcoin (BTC) segue com ganhos, mantendo o ritmo positivo visto nos últimos três dias, quando recuperou cerca de US$ 3 mil de seu valor, sustentando o patamar dos US$ 41.500 nesta quinta-feira (21).

Apesar de não haver nenhuma notícia específica que explique o otimismo neste momento, alguns especialistas avaliam um rumor de que um fundo negociado em Bolsa (ETF) pode ser aprovador em breve pela comissão de valores mobiliários dos Estados Unidos (SEC).

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

“Acho que não há nenhum grande catalisador para o movimento de preços para cima ou para baixo agora”, disse Jason Deane, analista de mercado de Bitcoin da Quantum Economics para a CoinDesk.

Do lado técnico, um relatório da Glassnode mostra que, após a forte correção ocorrida em janeiro, “peixinhos” do Bitcoin (investidores com menos de 10 BTC em carteira) começaram a acumular a criptomoeda em velocidade recorde.

Ao mesmo tempo, o número de carteiras com saldo de Bitcoin entre 100 e 1.000 diminuiu, sugerindo uma liquidação por parte dos maiores detentores.

De acordo com o relatório, esses “peixinhos” estão mantendo suas criptomoedas em meio a intensa volatilidade e queda de preços. Para os investidores de curto prazo (que a Glassnode classifica quem comprou após o pico de outubro de 2021), houve uma venda maciça entre os US$ 50 mil e US$ 60 mil.

A Glassnode observa que os investidores que compraram no topo, entre agosto de 2021 e janeiro de 2022, viram os preços caírem abaixo de sua base de custo e despejaram o Bitcoin causando uma “redistribuição em larga escala do fornecimento de bitcoin para novas mãos”.

Entre as altcoins o dia começa misto, enquanto o Ethereum (ETH) esboça manter os ganhos também, acima de US$ 3.100, ativos como Avalanche (AVAX), Dogecoin (DOGE) e Near (NEAR) caem entre 1% e 5%.

  • Assista: Até quando vai a queda do Bitcoin e das criptomoedas? Especialistas respondem

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h35:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 42.211,84+1,09%
Ethereum (ETH)US$ 3.117,16+0,06%
Binance Coin (BNB)US$ 422,51-1,46%
XRP (XRP)US$ 0,7533-1,91%
Solana (SOL)US$ 107,71-1,32%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
0x (ZRX)US$ 1,02+40,26%
Kava (KAVA)US$ 4,94+12,45%
PancakeSwap (CAKE)US$ 9,49+7,55%
EOS (EOS)US$ 2,76+7,29%
Monero (XMR)US$ 275,76+6,06%

As criptomoedas com as maiores quedas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
ApeCoin (APE)US$ 15,33-8,40%
Stepn ([ativo=GMT])US$ 3,22-7,00%
Loopring (LRC)US$ 0,9521-5,93%
Waves (WAVES)US$ 20,02-5,49%
Arweave (AR)US$ 29,92-5,15%

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 34,44-1,76%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 46,00-1,03%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 41,91-1,55%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 38,99-1,98%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 40,35+3,40%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 12,06-1,63%
QR Ether (QETH11)R$ 10,16-1,93%
QR DeFi (QDFI11)R$ 6,88-3,50%

Veja as principais notícias do mercado cripto desta quinta-feira (21):

Goldman Sachs e FTX estudam parceria, diz jornal

Sam Bankman-Fried, fundador e CEO da exchange de criptomoedas FTX, se encontrou com o CEO da Goldman Sachs, David Solomon, no Caribe para discutir possíveis colaborações entre as duas empresas, segundo informações do jornal Financial Times desta quinta.

Os dois executivos discutiram a possibilidade do Goldman Sachs aconselhar a FTX, avaliada em US$ 32 bilhões em janeiro, em futuras rodadas de financiamento e assumindo um papel importante em uma potencial oferta pública inicial (IPO), de acordo com a matéria, que citou pessoas familiarizadas com o assunto.

Solomon também ofereceu o conselho do Goldman Sachs à FTX em discussões com reguladores nos EUA.

Token da 0x dispara após parceria com a Coinbase

O 0x (ZRX), token nativo por trás do protocolo 0x, subiu até quase 50% após o anúncio de que alimentará o mercado NFT da Coinbase.

O ZRX está agora se aproxima do valor de mercado de US$ 1 bilhão, sendo negociado em sua máxima de cinco meses, em US$ 1,09. O volume de negócios nas últimas 24 horas também teve um aumento significativo, subindo mais de 3.000%, para US$ 1,25 bilhão, seu maior aumento de volume desde fevereiro de 2021.

A Coinbase disse que sua plataforma NFT utilizará o “poderoso suporte NFT multi-chain swap” do protocolo 0x, bem como até 54% mais eficiência de gas.

O protocolo também permitirá que a Coinbase NFT recompense os criadores com royalties instantâneos, bem como listagens gratuitas e sem custódia.

“Estamos entusiasmados que a Coinbase esteja usando o 0x para impulsionar seu novo mercado para NFTs e antecipamos que este lançamento desbloqueará uma onda massiva de novos usuários no espaço blockchain”, disse Will Warren, cofundador e co-CEO da 0x Labs. .

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe