Criptos hoje

Bitcoin mantém os US$ 30 mil antes de inflação nos EUA; altcoins recuam e tokens Luna ficam voláteis

Mercado de criptomoedas registra queda nesta manhã enquanto Bitcoin e Ethereum se mantêm estáveis nos últimos dias

Por  Rodrigo Tolotti, CoinDesk -

Entre leves altas e baixas, o Bitcoin (BTC) segue cotado em torno dos US$ 30 mil nesta sexta-feira (10), conforme investidores aguardam a divulgação do dado de inflação ao consumidor dos Estados Unidos (CPI).

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

O Ethereum (ETH), segunda maior criptomoeda em valor de mercado, negocia levemente abaixo do nível de US$ 1.800, onde tem oscilado nas últimas semanas. Entre as outras maiores altcoins, o dia também é predominantemente negativo, com a Litecoin (LTC) caindo mais de 3%, enquanto a Cardano (ADA) desaba 7%.

Já a Chainlink (LINK), que subiu forte nos últimos dois dias, tem perdas de 4%, assim como a Solana (SOL).

“O Bitcoin continua pairando em torno do nível de US$ 30 mil, enquanto os traders de criptomoedas aguardam um relatório importante de inflação que pode influenciar as expectativas do mercado sobre o que o Fed pode fazer em setembro”, disse o analista sênior da Oanda Americas, Edward Moya.

O anúncio ontem do Banco Central Europeu (BCE) de que começaria a aumentar as taxas de juros no próximo mês fez com que os principais índices europeus e americanos caíssem, com os últimos mergulhando na última hora para registrar seu maior declínio desde meados de maio. O BCE anunciou que aumentaria as taxas em um quarto de ponto em julho para combater a inflação e que aumentaria as taxas adicionalmente no final do ano.

Enquanto isso, espera-se que o CPI dos EUA mostre que a inflação ainda está bem acima de 8%, seu nível mais alto em quatro décadas. O Banco Central dos EUA provavelmente aumentará as taxas de juros em mais meio ponto percentual em sua próxima reunião para igualar sua mais recente alta de juros no mês passado.

Enquanto isso, os preços da energia continuaram a negociar em torno das máximas de 2022, com o petróleo Brent, uma referência dos mercados globais de energia, fechando em cerca de US$ 123 por barril, uma alta de aproximadamente 60% desde o início do ano.

“A inflação está quente e permanecerá alta e as expectativas de aumento das taxas devem continuar subindo após cada relatório mensal de inflação”, afirmou Moya.

As criptomoedas sofreram seu próprio mini-surto de más notícias com relatórios separados de que as autoridades sul-coreanas estão investigando o TerraForm Labs pelo colapso de sua stablecoin terraUSD (UST) e que a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) estava investigando se a empresa registrada em Cingapura violou as leis dos EUA ao comercializar o UST e o token LUNA.

“Estas foram várias semanas confusas para cripto, cheias de ações judiciais, golpes e perda de interesse, conforme os preços permaneceram ancorados”, disse Moya. “As criptomoedas precisam de alguns novos catalisadores para saírem dessa crise e isso pode demorar um pouco”.

  • Assista: Você sabe o que é tokenização? Entenda a tecnologia por trás das criptoações

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h05:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 30.023,56-2,01%
Ethereum (ETH)US$ 1.770,76-2,67%
Binance Coin (BNB)US$ 286,90-1,66%
Cardano (ADA)US$ 0,6086-6,36%
XRP (XRP)US$ 0,4003-0,71%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin SV (BSV)US$ 59,40+3,25%
Helium (HNT)US$ 11,75+1,88%
VeChain (VET)US$ 0,03114+1,50%
Unus Sed Leo (LEO)US$ 5,47+1,30%
Tezos (XTZ)US$ 2,19+0,98%

As criptomoedas com as maiores quedas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Algorand (ALGO)US$ 0,3881-6,64%
Loopring (LRC)US$ 0,4986-6,44%
Arweave (AR)US$ 13,17-6,42%
Cardano (ADA)US$ 0,6086-6,36%
Stacks (STX)US$ 0,5247-5,57%

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 25,02+0,48%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 35,00-0,62%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 26,00+1,08%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 21,61-0,59%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 22,95+2,31%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 9,33+0,10%
QR Ether (QETH11)R$ 6,42+1,42%
QR DeFi (QDFI11)R$ 3,83-1,54%

Veja as principais notícias do mercado cripto desta sexta-feira (10):

Tokens do ecossistema Luna operam voláteis

Os tokens relacionados ao ecossistema Terra tiveram negociações voláteis nas últimas 24 horas em meio a desenvolvimentos legais contra a empresa emissora Terraform Labs.

Os preços da Terra (LUNA) subiram até 30% – de US$ 2,65 na quinta-feira para US$ 3,44 na manhã de sexta-feira – e caíram acentuadamente, mesmo com o mercado de criptomoedas mais estável. Já o Luna Classic (LUNC) saltou até 34% antes de cair esta manhã, mostram dados da CoinGecko.

Essa volatilidade surgiu em meio a relatórios da Securities and Exchange Commission (SEC) dos EUA investigando se o Terraform Labs violou as leis dos EUA sobre como comercializou seus tokens de ecossistema.

Dados do mercado futuro mostram que os dois tokens tiveram quase US$ 18 milhões em liquidações, enquanto as perdas em futuros de outras grandes criptomoedas, além de Bitcoin e Ether, permaneceram abaixo da marca de US$ 3 milhões.

CEO da Fidelity não teme queda do mercado

Oferecendo conselhos para a plateia da Consensus 2022 em Austin, Texas, a presidente e CEO da Fidelity Investments, Abigail Johnson, disse que sua crença nos fundamentos de longo prazo nas criptomoedas continua forte.

“Acho que este é meu terceiro inverno cripto. Houve muitos altos e baixos, mas vejo isso como uma oportunidade”, disse Johnson sobre o mercado em baixa.

“Fui criada para ser uma questionadora e por isso tenho essa reação instintiva: se você acredita que os fundamentos de um caso de longo prazo são realmente fortes, quando todo mundo está mergulhando, é hora de dobrar [a aaposta] e ir com tudo”.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe