Parceria

Corretora investidora da Foxbit vira patrocinadora da equipe McLaren na Fórmula 1

O acordo começa a valer no GP de Miami de 2022, que acontece no próximo final de semana

Por  Lucas Gabriel Marins -

A OKX, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo em volume de negociação, anunciou nesta terça-feira (3) que é a nova patrocinadora oficial das equipes da Fórmula 1 e de e-Sports da McLaren – a McLaren Racing e a McLaren Shadow ESports Team.

A parceria começa a valer a partir do GP de Miami de 2022, que acontece neste final de semana. O logo da exchange, conforme nota, será exibido nos carros McLaren MCL36 F1, nos capacetes dos pilotos Lando Norris e Daniel Ricciardo e em kits.

“A marca McLaren representa tudo o que é inovador na F1. O que não é diferente no ecossistema cripto que também é representado pela velocidade, confiabilidade e desempenho, tópicos que estão no centro de qualquer plataforma de negociação de criptomoedas de primeira classe”, falou Haider Rafique, diretor de marketing da OKX.

  • Assista: É possível se aposentar com Bitcoin? Investidores que miram no longo prazo defendem que sim (e que Buffet está errado)

O CEO da McLaren Racing, Zak Brown, disse em nota que a equipe está entusiasmada com a parceria. “Em um campo em rápida evolução, a OKX é uma marca cripto de longa data que traz inovação, análise e precisão para realizar grandes coisas”.

A exchange faz parte do OK Group, investidor da corretora brasileira Foxbit.

Rescisão de acordo

Em junho de 2021, a McLaren havia fechado um acordo de patrocínio com a Bitci.com, a exchange turca por trás do token da Confederação Brasileira de Futebol, o Brazilian Football Team (BFT).

Em fevereiro deste ano, no entanto, a equipe de Fórmula 1 informou para a Bloomberg que rescindiu o contrato com a corretora. A empresa não revelou o motivo da decisão.

Na mesma época, clubes parcerios da Bitci, como o Sporting, de Portugal, e o Spezia, da Itália, cancelaram os contratos de patrocínio com a exchange por falta de pagamentos.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe