Copel (CPLE6) estuda opções para renovar concessões; JCP da Bradespar (BRAP4), debêntures de CSN (CSNA3) e São Martinho (SMTO3) e mais

Confira os destaques do noticiário desta quinta-feira (22)

Felipe Moreira

Publicidade

O radar corporativo desta quinta-feira (22) traz a emissão de debêntures pela controlada da CSN, Companhia Metalúrgica Prada, e da São Martinho (SMTO3).

A Copel (CPLE6), por sua vez, aprovou realização de estudo para viabilizar renovação de concessões via possível oferta de ações.

A Bradespar (BRAP4) aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio (JCP) no valor de R$ 65 milhões.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Já a Embraer (EMBR3) anunciou a entrega das primeiras unidades do jato E195-E2 para Porter Airlines.

Além disso, a GetNet (GETT11) informou que menos de 5% do total de valores mobiliários emitidos pela companhia e objeto de oferta pública de aquisição (OPA) para cancelamento de registro no Brasil permanecem não detidos pela ofertante PagoNxt.

Confira mais destaques:

Continua depois da publicidade

Bradespar (BRAP4)

A holding Bradespar (BRAP4) aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio (JCP) no valor de R$ 65 milhões, o equivalente a R$ 0,15 por ação ordinária e R$ 0,17 por ação preferencial.

As ações da companhia serão negociadas ex-direito a partir de 27 de dezembro. A data do pagamento ainda será definida.

CSN (CSNA3)

A Companhia Metalúrgica Prada, controlada da CSN (CSNA3) vai realizar a 1ª emissão de debêntures no valor de R$ 130 milhões.

São Martinho (SMTO3)

O Conselho de Administração da São Martinho (SMTO3) aprovou a realização da 5ª emissão de debêntures simples no valor de R$ 500 milhões.

Copel (CPLE6)

O Conselho de Administração da Copel (CPLE6) aprovou ontem a realização de estudo para viabilizar a renovação integral das concessões das Usinas Hidrelétricas Governador Bento Munhoz da Rocha Netto (Foz do Areia), Governador Ney Braga (Segredo) e Governador José Richa (Salto Caxias) por 30 anos e avaliar alternativas de captação de recursos visando o pagamento dos respectivos bônus de outorga, de modo a otimizar a estrutura de capital da companhia, incluindo eventual oferta pública de distribuição primária de ações e/ou units de sua emissão.

De acordo com a empresa, a renovação integral das concessões tem como principal premissa a intenção do acionista controlador de transformar a Copel em companhia de capital disperso e sem acionista controlador, por meio de oferta pública secundária de ações e/ou units de emissão da empresa, o que possibilitaria a manutenção de 100% de participação da Copel nas respectivas UHEs.

GetNet (GETT11)

A GetNet (GETT11) informou que menos de 5% do total de valores mobiliários emitidos pela companhia e objeto de OPA para cancelamento de registro no Brasil permanecem não detidos pela ofertante PagoNxt.

Sendo assim, por solicitação da PagoNxt, o Conselho de Administração da GetNet espera convocar em breve uma AGE para deliberar sobre o resgate pela companhia de quaisquer valores mobiliários em circulação remanescentes.

Embraer (EMBR3)

A Embraer (EMBR3) entregou à Porter Airlines, do Canadá, suas primeiras duas unidades do E195-E2, em cerimônia realizada em São José dos Campos.

Essa foi a primeira entrega em um total de 50 unidades. Na véspera do Ano Novo, a Embraer entregará mais três aeronaves à Porter. A entrada em operação da frota de E-Jets E2 dará início a uma nova fase de viagens aéreas, com uma experiência única de conforto na classe econômica, para os clientes da Porter do Canadá.

Rossi (RSID3)

A construtora Rossi (RSID3)  anunciou ontem que o presidente-executivo João Paulo Franco Rossi Cuppoloni renunciou ao cargo para ocupar a presidência do conselho de administração, segundo fato relevante ao mercado.

Cuppoloni será substituído na presidência da Rossi pelo diretor financeiro Fernando Miziara de Mattos Cunha, que vai acumular a função.

Sabesp (SBSP3)

A Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de São Paulo (Arsesp) fará consulta pública referente à Revisão Tarifária Extraordinária da Sabesp. A consulta pública ocorre entre hoje e dia 6 de janeiro, com audiência pública marcada para o dia 5 de janeiro.

Isa CTEEP (TRPL4)

A Isa CTEEP (TRPL4) procederá em 11 de abril de 2023 o pagamento de Juros Sobre o Capital Próprio (JCP) no valor total de R$ 700 milhões, correspondentes à R$ 1,062404 por ação de ambas as espécies.

As ações da companhia serão negociadas “ex-direito” a JCP a partir de 27 de dezembro de 2022, com a data de corte de 26 de dezembro de 2022.

Multiplan (MULT3)

O Conselho de Administração da Multiplan aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio no montante bruto de R$ 175 milhões, correspondente a R$ 0,29900117547 por ação.

O pagamento dos juros sobre o capital próprio será realizado aos acionistas inscritos nos registros da Companhia em 26 de dezembro de 2022. As ações da companhia serão negociadas “ex juros” a partir de 27 de dezembro de 2022, sendo que o pagamento dos juros sobre o capital próprio será realizado aos acionistas até 29 de dezembro de 2023.

Banco Pan (BPAN4)

O Conselho de Administração do Banco Pan (BPAN4) aprovou o pagamento de Juros Sobre Capital Próprio, referente ao exercício de 2022 (JCP) no valor de R$ 320 milhões, sendo R$ 0,25133930725 por ação, os quais serão pagos no dia 24 de janeiro de 2023, com base na posição acionária de 27 de dezembro de 2022.

Localiza (RENT3)

A Localiza (RENT3) informou que, tendo em vista não ter havido alienação de ações em tesouraria para atender ao exercício de opções relativas aos planos de opção de compra e/ou por aquisição de ações dentro do plano de recompra de ações, permanece inalterado o valor por ação dos juros sobre capital próprio aprovados na referida reunião em R$ 0,366172900.

O montante do JC aprovado pelo Conselho de Administração foi de R$ 358,3 milhões e o pagamento ocorrerá no dia 13 de fevereiro de 2023.

Farão jus ao pagamento os acionistas constantes da posição acionária da companhia em 21 de dezembro de 2022 sendo que as ações, a partir de 22 de dezembro de 2022, serão negociadas na bolsa de valores “ex” esses juros sobre capital próprio.

JSL (JSLG3)

O Conselho de Administração da JSL (JSLG3) aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio no valor total de R$ 67,2 milhões, correspondente a R$ 0,236107640 por ação.

Farão jus aos juros sobre o capital próprio os detentores de ações de emissão da companhia, conforme posição acionária de 27 de dezembro de 2022.

O pagamento será realizado no dia 06 de janeiro de 2023.

Allied Tecnologia (ALLD3)

A Allied Tecnologia (ALLD3) aprovou pagamento de juros sobre o capital próprio no valor de R$ 33 milhões, que corresponde a R$ 0,35399907716 por ação.

Os juros sobre o capital próprio serão pagos aos acionistas até o final do exercício social de 2023, em data a ser oportunamente definida pela administração da companhia, beneficiando os acionistas que constem da posição acionária da Companhia no dia 27 de dezembro de 2022.

As ações da companhia serão negociadas “ex-juros sobre o capital próprio” a partir de 28 de dezembro de 2022.

Wilson Sons (PORT3)

A Wilson Sons Holdings (PORT3) comunicou que, como resultado das ações adquiridas no âmbito programa de recompra de ações da companhia, serão pagos aos acionistas dividendos intermediários de R$ 0,15723579 por ação ordinária de emissão da Companhia, equivalente ao valor total de R$ 69,1 milhões, aprovado pelo Conselho de Administração em 12 de dezembro de 2022.

Simpar (SIMH3)

A Simpar (SIMH3) aprovou a distribuição de R$ 113,8 milhões em JCP, o equivalente a R$ 0,13 por ação, com pagamento em 6 de janeiro de 2023.

Schulz

A Schulz aprovou juros sobre capital próprio (JCP) no valor bruto total de R$ 23 milhões, correspondente a R$ 0,067085838 (valor bruto) e R$ 0,057022962 (valor líquido) por ação preferencial; e a R$ 0,060987125 (valor bruto) e R$ 0,051839056 (valor líquido) por ação ordinária. De 27 de dezembro de 2022 em diante, as ações serão negociadas “ex-juros sobre capital próprio”.

O pagamento do JCP ocorrerá em 03 de fevereiro de 2023, com base na posição acionária de 26 de dezembro de 2022.