Mais liquidez

Conselho da Méliuz aprova desdobramento de ações de 1 para 6; papéis CASH3 sobem quase 4% na Bolsa

Acionistas ainda terão que votar a proposta de desdobramento em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), que está marcada para 23 de agosto

Méliuz (Reprodução: Instagram)

SÃO PAULO – O conselho de administração da Méliuz (CASH3), plataforma de cupons de desconto e cashback, aprovou na última sexta-feira (23) o desdobramento de ações da companhia na proporção de uma para seis.

Com isso, cada papel da companhia irá se dividir seis, sem modificação do valor do capital social ou dos direitos conferidos pelas ações a seus titulares, ampliando a liquidez das ações e reduzindo, na mesma proporção, o preço dos ativos negociados na Bolsa brasileira, B3.

Atualmente, a Méliuz possui 133.933.000 ações ordinárias emitidas, com preço de tela por volta dos R$ 70.

Os acionistas ainda terão que votar a proposta de desdobramento em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), que está marcada para o dia 23 de agosto.

Leia também:
Méliuz: após captação no mercado, BBI reitera compra e revisa preço-alvo para ação de R$ 42 para R$ 90

O anúncio foi bem recebido pelo mercado financeiro. Os papéis CASH3 encerraram o pregão com alta de 3,64% na Bolsa brasileira B3, negociados a R$ 74,00.

Na avaliação da Guide Investimentos, o impacto do desdobramento deve ser neutro, dado que apesar de não influenciar no fundamento da empresa, os papéis da companhia passarão a ter maior liquidez na Bolsa.

Guilherme Benchimol revela os segredos de gestão das maiores empresas do mundo na série gratuita Jornada Rumo ao Topo. Inscreva-se já.