Corretoras de valores

Charles Schwab compra concorrente TD Ameritrade por US$ 26 bilhões

Combinadas, as duas gigantes terão mais de US$ 5 trilhões sob gestão

arrow_forwardMais sobre
Home brokers com gráficos de ações (Crédito: Shutterstock)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A corretora americana Charles Schwab, uma das maiores do mundo, anunciou nesta segunda-feira (25) a compra da concorrente TD Ameritrade. O negócio será concluído por meio de uma troca de ações avaliada em US$ 26 bilhões.

O acordo avaliou a TD Ameritrade em US$ 52,23 por ação, o que significa que a Charles Schwab pagará um prêmio de mais de 8% em relação ao valor do último fechamento do mercado. O negócio ainda precisa de aprovação dos acionistas das empresas e dos órgãos regulatórios.

Combinadas, as duas gigantes terão mais de US$ 5 trilhões sob gestão, segundo comunicado divulgado. Com a aquisição, a Charles Schwab incorpora a carteira de cerca de 12 milhões de clientes da TD Ameritrade, elevando o total para 24 milhões de investidores. O processo de integração das duas companhias deve levar até três anos. Entre as vantagens da transação, as empresas apontam uma redução de custos, “ao eliminar funções duplicadas”.

Aprenda a investir na bolsa

Em nota, o presidente da Charles Schwab, Walt Bettinger, afirmou que as duas empresas já compartilhavam o objetivo de tornar o mercado financeiro mais acessível aos investidores. “Com o negócio, vamos capitalizar uma oportunidade única de construir uma firma com o espírito de um desafiante e com recursos de uma grande instituição financeira que serão utilizados para servir às necessidades dos investidores em cada fase da sua jornada financeira.”

Há quase dois meses, a Charles Schwab zerou a taxa para a corretagem de ações, ETFs (sigla em inglês para Exchange Traded Funds) e opções.

Leia também:
• Juros na mínima e estrangeiro ainda de fora na bolsa: em quais ações investir neste cenário?
Para Legacy Capital, consumo das famílias é o que indica recuperação econômica em 2020

Com a transação, a TD Ameritrade suspendeu a busca por um novo CEO e trabalhará com Stephen Boyle, atual diretor financeiro, como interino.

A canadense Toronto-Dominion Bank, dona de 43% TD Ameritrade, deterá uma participação de aproximadamente 13% na Charles Schwab após o negócio, mas seu direito a voto será limitado a 9,9%. Os outros acionistas da TD Ameritrade ficarão com cerca de 18% da nova empresa, enquanto os atuais controladores da Charles Schwab terão cerca de 69%.

Aproveite as oportunidades para fazer seu dinheiro render mais: abra uma conta de investimentos na XP – é de graça

PUBLICIDADE