Temporada de balanços

Caixa Seguridade (CXSE3) diz que estuda distribuir dividendos trimestralmente

Crescimento de holdings da companhia pode, no futuro, assegurar que pagamento deixe de ser semestral

Por  André Cabette Fábio -

Em teleconferência de apresentação de resultados nesta segunda-feira (9) Eduardo Oliveira, CFO da Caixa Seguridade, disse que a sistemática de pagamento de dividendos da empresa é semestral. Ele disse, no entanto, que, conforme as empresas da holding da Caixa Seguridade crescem, a empresa estuda acelerar os pagamentos, de forma que ocorram trimestralmente.

Ele ressaltou que foram pagos R$ 887 milhões referentes ao resultado do segundo semestre de 2021 e que, pelo sistema atual, novos pagamentos podem ocorrer depois do segundo trimestre.

Segundo balanço divulgado mais cedo, a Caixa Seguridade registrou lucro líquido recorrente de R$ 557 milhões no primeiro trimestre de 2022 (1T22), cifra 29% superior à reportada no mesmo trimestre de 2021.

“O resultado do 1º trimestre primeiro trimestre de 2022 é reflexo do incremento dos resultados operacional e financeiro auferidos no período”, diz a seguradora.

Leia também:

Sinistralidade e prestamistas

Oliveira afirmou que a sinistralidade vem seguindo uma tendência de volta à normalidade mas, no primeiro trimestre, continuou um pouco acima do nível histórico. Nos próximos trimestres, ele disse que espera que o índice convirja para baixo de 25%. Em sua avaliação, os efeitos da pandemia ficaram para trás e não deverão impactar 2022, como ocorreu em 2021.

De acordo com o CFO, houve crédito mais fraco no primeiro trimestre. Mas ressaltou que, ao longo do terceiro trimestre, houve redução no nível de cancelamento de prestamistas, mês a mês, e que espera que esta tendência continue.

Camila de Freitas Aichinger, CEO da Caixa Seguridade, afirmou que espera que no segundo trimestre haja incremento de prestamistas por conta de recursos do crédito rural e do Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte), aprovado no final de abril pelo Senado, que ainda aguarda sanção presidencial.

Segundo a executiva, a empresa tem expectativa de manter a mesma participação de 2020 no Pronampe, em que foi líder de mercado.

Caixa Seguridade têm resultados mais fracos do que o esperado, diz BBI

Analistas acreditam que o mercado deve considerar os resultados como negativos, pois enxergam riscos para a empresa entregar expectativas consensuais de R$ 2,9 bilhões para este ano.

A empresa reportou um lucro líquido de R$ 557 milhões, 2% superior ao trimestre anterior, ficando aquém das estimativas e consenso de R$ 610 milhões. O principal empecilho, na opinião do banco, mais uma vez foi o fraco desempenho do seguro prestamista, que continua enfrentando um cenário muito desafiador de crescimento, já que os números de 2021 parecem ter se beneficiado em grande parte da venda de seguros relacionados a programas de subsídios governamentais (como como linhas de crédito do Pronampe).

O banco mantém classificação neutra para o papel e preço-alvo de R$ 9 frente a cotação de sexta-feira (06) de R$ 7,54. Por volta das 15h30 desta segunda-feira, as ações são negociadas a R$ 7,62, com alta de 1,06%.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe