"Merge"

BofA: Ethereum precisa de melhorias de escalabilidade para manter sua posição de mercado

Segundo o banco, BSC, Tron, Avalanche e Solana conquistaram mercado do ETH por conta de seus mecanismos de consenso de PoS e maior escalabilidade

Por  CoinDesk -

A atualização do Ethereum (ETH), que fará o projeto sair de seu atual mecanismo de prova de trabalho (proof-of-work, ou PoW) para um de prova de participação (proof-of-stake, ou PoS), parece iminente, com expectativa de conclusão em setembro, segundo um membro da Ethereum Foundation.

Em relatório divulgado na semana passada, o Bank of America escreveu que a “Merge”  (Fusão, em tradução livre), a primeira das cinco atualizações planejadas para a blockchain, combinará a camada de execução existente do Ethereum com a Beacon Chain, uma camada de consenso PoS.

“O PoS diminui o consumo de energia do Ethereum em mais de 99%, reduz as barreiras de entrada para os investidores gerarem rendimento como validadores de rede e altera a dinâmica de oferta e demanda do ETH”, disse o banco.

  • Assista: As criptos mais promissoras que você deveria estar acumulando agora

A transição também atua como precursora do “Surge”, a segunda das atualizações planejadas, disse a nota. O objetivo é melhorar o rendimento do Ethereum de cerca de 15 transações por segundo (TPS) para cerca de 100.000 TPS, reduzindo as taxas de transação, acrescentou o grupo de analistas.

Leia mais:
Ethereum passa por novo teste antes da atualização de setembro

De acordo com o banco americano, sem as melhorias de escalabilidade, é improvável que o Ethereum permaneça como o sistema operacional de blockchain dominante.

O Bank of America observa que blockchains mais recentes, como Binance Smart Chain (BSC), Tron, Avalanche e Solana, conquistaram participação de mercado do Ethereum por conta de seus mecanismos de consenso de PoS e maior escalabilidade.

Além disso, escreve o BofA, esses recursos “provavelmente serão fundamentais com a ascensão do ecossistema Web 3.0 de aplicativos descentralizados (DeFi)”.

A Web 3.0 representa a próxima geração da internet, que se concentra em transferir o poder das grandes empresas de tecnologia para usuários individuais.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe