Bitcoin se aproxima dos US$ 43 mil e criptomoeda dos fan tokens dispara 20%

Apesar da leve alta de hoje, BTC opera -15% abaixo da máxima de 2 anos da semana passada

Lucas Gabriel Marins

abstract background of futuristic technology Cryptocurrency bitcoin melting down in fire and smoke

Publicidade

O Bitcoin (BTC) opera em leve alta na manhã desta terça-feira (16), mas ainda continua distante do topo de preço de dois anos registrado na semana passada após a aprovação dos primeiros ETFs (fundos de índice) dos Estados Unidos com exposição direta à criptomoeda.

Por volta das 8h, o ativo é negociado a US$ 42.863, com avanço de +0,60% nas últimas 24 horas. “Após cair 15% desde a máxima do dia 11 de janeiro, o BTC ainda tem mais espaço para recuo, imagino que para US$ 36 mil, nas próximas semanas”, disse Fernando Pereira, analista da corretora Bitget.

O movimento do Bitcoin nos últimos dias acabou sendo um evento “buy the rumor, sell the news” (compre no boato, venda no fato), assim como parte dos analistas previam. Nesse tipo de padrão, o preço de um ativo sobe antes de um fato importante, apenas para cair pouco depois. Antes da aprovação dos ETFs, o BTC chegou a subir 160%.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Apesar da queda no curto prazo, a expectativa no longo prazo com o novo veículo de investimento norte-americano continua positiva, segundo Henrique Marinho, CBDO da Patex.

“A aprovação do ETF de Bitcoin deve facilitar o acesso de investidores institucionais ao mercado de criptomoedas. Isso deve aumentar a demanda por Bitcoin e outras criptomoedas, impulsionando seu preço”, falou.

Altcoins

As altcoins operam mistas nesta manhã. O Ethereum (ETH), que é próximo da fila a ganhar um ETF, aposta parte do mercado, opera em leve alta de +0,30% hoje, na casa dos US$ 2.534. XRP (XRP) e Cardano (ADA) recuam.

Continua depois da publicidade

A maior valorização do dia foi registrada pela Klaytn (KLAY), que sobe +21,20% no momento da publicação deste texto. Outro destaque é a Chiliz (CHZ), blockchain preferida dos fan tokens. Sua cripto nativa valoriza quase +20% nesta manhã.

Em Wall Street, os índices futuros de Nova York operam em baixa nesta terça, na volta do feriado de Martin Luther King, com investidores à espera dos balanços de Goldman Sachs e de Morgan Stanley.

Dow Jones Futuro (EUA) registra queda de -0,44%, S&P 500 Futuro (EUA) recua -0,53% e Nasdaq Futuro (EUA) cai -0,78%.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 8h:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 42.863+0,60%
Ethereum (ETH)US$ 2.534+0,30%
BNB Chain (BNB)US$ 317,93+1,20%
XRP (XRP)US$ 0,5746-0,90%
Cardano (ADA)US$ 0,5344-0,70%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Klaytn (KLAY)US$ 0,2318+21,20%
Blur (BLUR)US$ 0,7041+20,00%
Chiliz (CHZ)US$ 0,1037+20,00%
Beam (BEAM)US$ 0,02088+12,40%
Sei (SEI)US$ 0,7924+9,70%

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Sui (SUI)US$ 1,31-8,40%
Aptos (APT)US$ 9,50-7,00%
Celestia (TIA)US$ 19,29-4,10%
Ethereum Classic (ETC)US$ 26,42-4,00%
Tezos (XTZ)US$ 1,14-4,00%


Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 34,61+0,49%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 50,01+0,42%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 37,19-0,32%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 27,85-0,25%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 28,80-5,57%
Hasdex Crypto Metaverse (META11)R$ 32,50-1,00%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 14,91-0,73%
QR Ether (QETH11)R$ 9,50+2,48%
QR DeFi (QDFI11)R$ 3,70 0,00%
Cripto20 EMPCI (CRPT11)R$ 9,44-1,35%
Investo NFTSCI (NFTS11)R$ 10,95-3,94%
Investo BLOKCI (BLOK11)R$ 148,34-3,00%

Lucas Gabriel Marins

Jornalista colaborador do InfoMoney