Bitcoin reage após derrapada e retoma os US$ 40 mil

As demais criptomoedas operam mistas nesta quarta

Lucas Gabriel Marins

Publicidade

O Bitcoin (BTC) reagiu e interrompeu uma queda que começou depois que os ETFs (fundos de índice) à vista da criptomoeda começaram a ser negociados no dia 11 de janeiro nos Estados Unidos.

O ativo digital opera em alta de +2,7% na manhã desta quarta-feira (24), a US$ 40.118. Apesar do avanço, a cripto ainda está 20% distante da máxima de dois anos registrada após a aprovação dos fundos.

“Essa queda pode ser em parte atribuída à redução de 27% no contratos em abertos de futuros de Bitcoin na CME desde o dia 8 de janeiro, um indicativo de que traders institucionais estão adotando uma postura mais conservadora, possivelmente realizando lucros”, disse Gustavo Faria, cofundador da casa de research Nosy.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O lote de ETFs de Bitcoin liberado pelo regulador dos EUA neste mês atraiu cerca de US$ 1 bilhão em entradas líquidas até agora, em comparação com o valor de mercado de US$ 778 bilhões do ativo digital, mostram dados compilados pela Bloomberg.

Por outro lado, o Grayscale Bitcoin Trust (GBTC), o fundo fechado da gestora Grayscale que foi convertido em um ETF, registrou saídas quase US$ 4 bilhões desde o início das negociações, o que vem sendo apontado por especialistas também como um dos motivos da queda do BTC.

“Essa última correção do Bitcoin reflete o posicionamento estendido e fatores técnicos em torno do ETF da Grayscale, que devem desaparecer no médio prazo”, disse a cofundadora da Orbit Markets, Caroline Mauron, para a Bloomberg.

Continua depois da publicidade

O Bitcoin saltou cerca de 160% no ano passado em meio ao otimismo com os ETFs e com a expectativa de redução de taxas de juros nos EUA neste ano, antes de afundar. Esse é o comportamento clássico do “buy the rumor, sell the news” (compre no boato, venda no fato), evento em que o preço de um ativo sobe antes de um anúncio importante, para depois cair.

A análise técnica com base em padrões gráficos sinaliza um possível suporte para o Bitcoin entre US$ 36 mil e US$ 38 mil e até mesmo uma nova subida se esses níveis se mantiverem.

“Apesar desses ruídos dos últimos dias, é importante destacar a resiliência do Bitcoin neste ciclo de alta. As correções observadas até agora têm sido substancialmente menores em comparação com os ciclos anteriores, sugerindo uma capacidade de absorção muito maior da pressão vendedora pelo mercado”, disse Faria, da Nosy.

Solana avança

Com exceção do BNB Chain (BNB), que opera em queda nesta manhã, as principais altcoins sobem hoje, com destaque para a Solana (SOL), com alta de +7,40% nas últimas 24 horas.

Em Wall Street, os índices futuros dos EUA operam no campo positivo após os resultados da Netlfix e antes dos resultados das gigantes IBM e Tesla. Dow Jones Futuro (EUA) avança +0,12%, S&P 500 Futuro (EUA) sobe +0,39% e Nasdaq Futuro (EUA) registra valorização de +0,66%.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h55:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 40.118+2,70%
Ethereum (ETH)US$ 2.236+0,80%
BNB Chain (BNB)US$ 293-1,20%
Solana (SOL)US$ 86+7,40%
XRP (XRP)US$ 0,5139+1,40%

Fonte: CoinGecko

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Sui (SUI)US$ 1,25+17,30%
Bittensor (TAO)US$ 291+15,80%
Stacks (STX)US$ 1,46+14,50%
Blur (BLUR)US$ 0,6633+13,70%
Sei (SEI)US$ 0,6562+13,30%

Fonte: CoinGecko

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Tokenize Xchange (TKX)US$ 12,03-3,10%
Siacoin (SC)US$ 0,01291-2,20%
ORDI (ORDI)US$ 55,01-2,00%
SATS (Ordinals)US$ 0,064278-1,60%
BNB Chain (BNB)US$ 293-1,20%

Fonte: CoinGecko

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 31,00-4,61%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 45,75-1,52%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 32,30-6,75%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 23,70-6,32%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 23,92-6,19%
Hasdex Crypto Metaverse (META11)R$ 32,19-1,04%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 12,48-3,55%
QR Ether (QETH11)R$ 8,17-4,66%
QR DeFi (QDFI11)R$ 3,30-4,34%
Cripto20 EMPCI (CRPT11)R$ 8,73-3,74%
Investo NFTSCI (NFTS11)R$ 10,10-6,91%
Investo BLOKCI (BLOK11)R$ 127,59-6,49%

(Com Bloomberg)

Lucas Gabriel Marins

Jornalista colaborador do InfoMoney