Bitcoin perde patamar de US$ 40 mil e já recua 20% desde aprovação de ETF

Apenas duas criptomoedas entre as 100 maiores operam em alta nesta segunda-feira

Equipe InfoMoney

Publicidade

O Bitcoin (BTC) acelerou a queda na tarde desta segunda-feira (22) e perdeu o patamar de US$ 40 mil pela primeira vez desde o dia 4 de dezembro. Às 17h20, a criptomoeda era negociada a US$ 39.900, recuo de 4,70% nas últimas 24 horas.

Pela manhã, o ativo digital havia perdido o nível de US$ 41 mil, apontado por traders como suporte (região de demanda compradora). No acumulado da semana, a criptomoeda entrega perdas de 7%, segundo o agregador CoinGecko.

O ativo digital despencou mais de 20% desde a máxima de dois anos de US$ 49 mil registrada na segunda semana de janeiro após a aprovação dos ETFs (fundos de índice) spot da cripto nos Estados Unidos.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Antes da liberação do produto inédito no país, alguns analistas ventilaram a possibilidade de o BTC cair na sequência do lançamento, sugerindo um evento “buy the rumor, sell the news” (compre no boato, venda no fato).

“Agora que o entusiasmo pelos ETFs diminuiu um pouco, faria sentido que a atenção dos traders se concentrasse em outro lugar”, disse Bartosz Lipiński, CEO da Cube.Exchange, para a Bloomberg.

A queda recente do Bitcoin foi atribuída por alguns players às vendas do GBTC, fundo de criptomoedas da gestora Grayscale transformado em ETF via decisão judicial. Desde a segunda semana de janeiro, o veículo de investimento registrou saídas de cerca de US$ 1,6 bilhão.

Continua depois da publicidade

Por outro lado, outros ETFs captaram parte dos valores, como o iShares Bitcoin Trust (IBIT), da gigante dos investimentos BlackRock, o primeiro a registrar US$ 1 bilhão em ativos nos primeiros quatro dias de negociação.

Altcoins

As altcoins também operam no vermelho. Apenas duas criptomoedas entre as 100 maiores operam em terreno positivo. Entre 10 principais ativos, os piores resultados são da Solana (SOL), com queda de 7,80%, seguida do Ethereum (ETH), com desvalorização de 5,30% em 24 horas.

Nesta semana, investidores de ativos de risco estão de olho nos eventos macro que podem respingar nos preços, incluindo dados do PIB dos Estados Unidos na quinta-feira (25) e os preços das despesas de consumo pessoal na sexta-feira (26).

Em Wall Street, os índices dos EUA operam em alta. Dow Jones avança +0,36%, S&P 500 sobe +0,32% e Nasdaq registra alta de +0,44%

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 17h20:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 39.888-4,70%
Ethereum (ETH)US$ 2.288-5,30%
BNB Chain (BNB)US$ 306-4,80%
Solana (SOL)US$ 83-7,80%
XRP (XRP)US$ 0,5301-2,90%
Fonte: CoinGecko

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Siacoin (SC)US$ 0,01301+2,90%
Sui (SUI)US$ 1,12+3,70%
Fonte: CoinGecko

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Sei (SEI)US$ 0,6091-9,20%
Near Protocol (NEAR)US$ 2,71-8,60%
Helium (HNT)US$ 6,20-7,90%
Astar (ASTR)US$ 0,1754-7,80%
Mina Protocol (MINA)US$ 1,06-7,10%
Fonte: CoinGecko

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 33,47-0,53%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 48,21+2,16%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 36,50+0,96%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 25,90-2,25%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 27,10-3,21%
Hasdex Crypto Metaverse (META11)R$ 34,16+3,95%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 13,63+2,86%
QR Ether (QETH11)R$ 8,72-4.17%
QR DeFi (QDFI11)R$ 3,63 0,00%
Cripto20 EMPCI (CRPT11)R$ 9,03-3,52%
Investo NFTSCI (NFTS11)R$ 10,84-2,34%
Investo BLOKCI (BLOK11)R$ 143,59+0,5%
Fonte: B3

(Com Bloomberg)