Bitcoin amplia perdas em meio a novas liquidações e volta aos US$ 41 mil

Cerca de US$ 455 milhões em posições compradas foram liquidadas ontem

Lucas Gabriel Marins

Publicidade

O Bitcoin (BTC) é negociado abaixo dos US$ 42 mil nesta terça-feira (12), após um período turbulento de liquidações em massa que fizeram a maior criptomoeda do mercado desvalorizar 5% em três dias.

Dados da plataforma Coinglass mostram que cerca de US$ 455 milhões em posições compradas (que apostavam em preços mais altos) foram liquidadas ontem, o maior valor desde meados de setembro.

As liquidações acontecem quando uma corretora fecha à força a posição alavancada de um trader devido a uma perda parcial ou total da margem inicial.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Alguns observadores culparam os especuladores nervosos que reduziram posições antes da reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o Banco Central dos EUA) desta semana.

Mas a maioria teve dificuldade para encontrar um gatilho definitivo, descrevendo a retração como uma consolidação esperada dada a alta anual de 152% do Bitcoin.

“O mercado cripto finalmente obteve alguma realização de lucros após um aumento vertiginoso nas últimas semanas”, disse Caroline Mauron, cofundadora do provedor de liquidez de derivativos de ativos digitais Orbit Markets, para a Bloomberg.

Continua depois da publicidade

O BTC se recuperou neste ano de um 2022 marcado por quedas de preços e falências, à medida que os investidores ficaram cada vez mais confiantes de que os reguladores dos EUA permitirão em breve os primeiros ETFs (fundos de índice) com exposição direta à criptomoeda. Isso pode significar uma maior demanda pela moeda virtual.

Analistas da Bloomberg Intelligence esperam que um lote de fundos obtenha a aprovação da Comissão de Valores Mobiliários do país, a SEC, em janeiro de 2024.

“Esperamos ver mais volatilidade idiossincrática na classe de criptoativos na preparação para o prazo de decisão do ETF no início de janeiro, o que pode ser exacerbado pela baixa liquidez durante o período de férias”, falou Caroline.

Por volta das 8h, o BTC opera em baixa de 1,4%, a US$ 41.813. O Ethereum (ETH) e o XRP (XRP) também são negociados em queda, mas o BNB (BNB) avança nesta manhã. Um indicador das 100 principais criptomoedas registrou alta modesta hoje.

“Acredito que a máxima do ano (para o Bitcoin) foi marcada em US$ 44.700 e que nos próximos dias trabalharemos próximos do suporte de US$ 40 mil, podendo até buscar liquidez em US$ 37 mil. Esse último valor seria uma ótima compra de BTC para surfar 2024”, disse o analista gráfico Fernando Pereira, da corretora Bitget.

Outro catalisador para a alta de mais de 100% do BTC neste ano é o chamado halving, previsto para 2024, que reduzirá pela metade a quantidade de unidades da moeda que os mineradores recebem como recompensa por seu trabalho. O evento quadrienal faz parte do processo de limitar o fornecimento do Bitcoin em 21 milhões de tokens. A cripto bateu recordes após os últimos três eventos.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 8h:

Criptomoeda Preço Variação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC) US$ 41.813 -1,40%
Ethereum (ETH) US$ 2.225 -1,10%
BNB Chain (BNB) US$ 250 +7,20%
XRP (XRP) US$ 0,621440 -0,50%
Cardano (ADA) US$ 0,589115 +5,90%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

Criptomoeda Preço Variação nas últimas 24 horas
KuCoin (KCS) US$ 13,22 +35,00%
Celestia (TIA) US$ 12,12 +20,10%
Osmosis (OSMO) US$ 0,977753 +19,90%
Injective (INJ) US$ 25,70 +17,50%
WEMIX (WEMIX) US$ 3,96 +12,80%

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

Criptomoeda Preço Variação nas últimas 24 horas
eCash (XEC)  US$ 0,00003443 -4,90%
Frax Share (FXS) US$ 8,78 -4,30%
Dogecoin (DOGE) US$ 0,096090 -2,50%
Bitget Token (BGB)  US$ 0,491865 -1,80%
Toncoin (TON) US$ 2,12 -1,80%


Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETF Preço Variação
Hashdex NCI (HASH11) R$ 32,00 -6,43%
Hashdex BTCN (BITH11) R$ 47,35 -7,28%
Hashdex Ethereum (ETHE11) R$ 31,82 -7,90%
Hashdex DeFi (DEFI11) R$ 22,60 -4,43%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311) R$ 22,29 -3,00%
Hasdex Crypto Metaverse (META11) R$ 30,51 -3,14%
QR Bitcoin (QBTC11) R$ 13,16 -5,59%
QR Ether (QETH11) R$ 8,11 -7,84%
QR DeFi (QDFI11) R$ 3,35 -1,47%
Cripto20 EMPCI (CRPT11) R$ 8,98 -3,95%
Investo NFTSCI (NFTS11) R$ 10,38 -7,56%
Investo BLOKCI (BLOK11) R$ 126,11 -1,85%

(Com informações da Bloomberg)

Lucas Gabriel Marins

Jornalista colaborador do InfoMoney