Bancos

Banrisul (BRSR6) tem lucro de R$ 247,8 mi no 4º trimestre, alta de 6,6% na base anual

Em termos ajustados, o lucro líquido atingiu R$ 258 milhões entre outubro e dezembro do ano passado, contra R$ 329,7 de um ano antes

Por  Felipe Moreira -

O Banrisul (BRSR6) reportou lucro líquido de R$ 247,8 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), resultado 6,6% superior ao apurado no 4T20.

Em termos ajustados, o lucro líquido atingiu R$ 258 milhões entre outubro e dezembro do ano passado, contra R$ 329,7 do mesmo período de 2020.

A margem financeira foi de R$ 1,173 bilhão no 4T21, ante R$ 1,462 bilhão no 4T20.

A receita de prestação de serviços e tarifas bancárias somou R$ 515,6 milhões no 4T21, queda de 1,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Leia também:

As despesas de provisão para perdas de crédito atingiu R$ 155,7 milhões entre outubro e dezembro de 2021, recuo de 61,2% em relação ao mesmo período de 2020.

O retorno sobre patrimônio líquido médio (ROAE, na sigla em inglês) foi de 11,6%, no 4T21, queda de 4,2 pontos percentuais em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Os ativos totais somaram R$ 104,575 bilhões no final de dezembro do ano passado, incremento de 13,8% na comparação com igual mês de 2020.

Já a carteira de crédito total atingiu R$ 41,042 bilhões no 4T21, ante R$ 34,605 bilhões no 4T20.

Enquanto isso, a provisão para perdas de crédito foi de R$ 2,629 bilhões no final de dezembro de 2021, redução de 4,9% na comparação ano a ano.

Balanço do Banrisul em 2021

No ano de 2021, o Banrisul alcançou lucro líquido de R$ 948,5 milhões, aumento de 30,4% em relação ao resultado de 2020.

O lucro líquido ajustado, por sua vez, atingiu R$ 990,4 milhões, resultando em 11,4% de rentabilidade ajustada sobre o patrimônio líquido médio no ano de 2021.

O crescimento do período reflete, especialmente, a expansão da carteira de crédito, o menor fluxo de despesa de provisão para perdas de crédito e o resultado da participação em empresas controladas e coligadas.

Crédito do Banrisul

A carteira de crédito alcançou R$ 41,0 bilhões em dezembro de 2021, com crescimento de R$ 3,4 bilhões ou 9,1% nos 12 meses.

“Destaca-se o desempenho do Banco no segundo semestre do ano, onde apresentou crescimento de R$ 4,4 bilhões, cerca de 12% frente ao primeiro semestre, impulsionado pela expansão do crédito consignado, crédito rural, crédito à pessoa jurídica com Fundo Garantidor (FGI) e crédito ao comércio exterior”, destacou o banco.

Canais digitais

Em 2021, do total de transações feitas no Banrisul, 80,0% das operações realizadas ocorreram por via digital.

No período, os canais de Internet Banking (Home e Office Banking) e Mobile Banking (Minha Conta, Afinidade e Office acessados por meio do aplicativo Banrisul Digital), tiveram 450,7 milhões de acessos, 25,4% superior ao ano de 2020.

Guidances do Banrisul

O Banrisul projeta crescimento da carteira de crédito, alinhado com o ritmo apresentado durante o segundo semestre do ano.

Para 2022, prevê que a carteira de crédito total terá expansão entre 24% e 29%, onde o crédito rural apresentaria elevação entre 35% e 40% no Banrisul.

Já a margem financeira crescerá entre 4,5% a 8,5%. Para o custo de crédito, o banco projetou entre 2% e 3%.

No caso da captação total, o Banrisul espera expansão entre 8% e 12%.

As despesas administrativas devem aumentar entre 4% e 8%, enquanto o Retorno sobre o Patrimônio Líquido ficaria entre 9% e 13%.

Análises

Para o Itaú BBA, o Banrisul teve números em linha com o esperado, praticamente em linha com suas estimativas de lucro de R$ 248 milhões. A receita líquida de juros (NII, na sigla em inglês) ficou abaixo do esperado, compensado por menores despesas de provisão. A orientação para 2022 indica uma compressão NIM significativa este ano. O BBA permanece neutro com Banrisul porque, apesar das avaliações descontadas, ele carece de potenciais gatilhos positivos.

Assim, mantém avaliação marketperform (desempenho em linha com a média do mercado) para a ação BRSR6, e preço-alvo de R$ 15,00, frente a cotação de terça-feira (15) de R$ 10,76.

Já o Bradesco BBI apontou que o banco reportou lucro acima do consenso, mas com baixa qualidade.

A equipe de análise do banco comentou que os principais fatores para o crescimento do lucro foram menores provisões, principalmente de mudanças nos ratings e maior reversão de provisões cíveis, que enxerga como resultados de baixa qualidade. No entanto, reconhece que o nível de provisões também é resultado da melhora da inadimplência no trimestre, enquanto a carteira de crédito do banco apresentou crescimento saudável.

Além disso, os custos de captação continuam pressionados pela alta da Selic, e as taxas e opex decepcionaram. Por fim, acredita que o Banrisul anunciou um guidance decente para 2022, especialmente para o crescimento do crédito (+24-29%), mas com o NIM pressionado por um mix mais fraco. O Bradesco BBI mantém avaliação neutro para Banrisul e preço-alvo de R$ 21,00.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe