Liquidação

Alta do Ethereum gera US$ 230 milhões em liquidações de contratos futuros

O preço do ETH está subindo antes da esperada atualização da rede da criptomoeda, prevista para acontecer em setembro

Por  CoinDesk

Os contratos futuros de Ethereum (ETH) registraram cerca de US$ 230 milhões em perdas nas últimas 24 horas. O motivo é o aumento da pressão de compra da segunda maior criptomoeda do mundo por capitalização de mercado, que está prestes a passar por uma mudança importante em sua rede.

O preço do ETH subiu antes do esperado evento “Merge” (Fusão, na tradução livre), previsto para acontecer em setembro. O Merge refere-se à atualização do mecanismo de consenso da blockchain do projeto, que passará do atual prova de trabalho (proof-of-work, ou PoW) para prova de participação (proof-of-stake, ou PoS).

Cerca de US$ 137 milhões em posições vendidas (short) e US$ 93 milhões em posições compradas (long) foram liquidadas. A liquidação ocorre quando uma excange de criptomoedas fecha a posição alavancada de um trader devido a uma perda parcial ou total de sua margem inicial. Isso acontece quando um trader não consegue atender aos requisitos de margem para uma posição alavancada, ou seja, não tem fundos suficientes para manter a negociação aberta.

O ETH subiu 10% nas últimas 24 horas e quase 30% desde a segunda-feira (11). O ativo foi negociado a pouco mais de US$ 1.500 nesta manhã – estabelecendo a maior alta do mês – depois de sair da faixa de US$ 1.000 e US$ 1.200, mostram os gráficos do ativo.

Dados sugerem que o preço da moeda podem chegar a US$ 1.800 se a atual força de compra continuar. Enquanto isso, existe suporte (preço com alto interesse de compra) em torno da área de US$ 1.350.

O ETH estava sendo negociado a pouco mais de US$ 1.000 na quinta-feira (14). O movimento ascendente desde então causou perdas de mais de US$ 337 milhões em liquidações de posições vendidas (short), mostram dados da Coinglass. No sábado (16), mais de US$ 174 milhões em shorts foram liquidados, seguidos por US$ 33 milhões no domingo (17) e US$ 125 milhões hoje.

As perdas de sábado foram as maiores dos últimos três meses no mercado de futuros da criptomoeda. Enquanto isso, dados revelam que as posições compradas altamente alavancadas também sofreram derrapadas significativas em meio à volatilidade, com mais de US$ 194 milhões em perdas nos últimos três dias.

Nas últimas 24 horas, a exchange FTX registrou US$ 117 milhões em liquidações, a maior entre as corretoras, seguida da OKX, com US$ 85 milhões, e da Binance, com US$ 10 milhões.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe