EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em mercados / acoes-e-indices

As 16 ações candidatas a melhores pagadoras de dividendos em 2018

Lista elaborada pela Economatica traz Eztec como o grande destaque, com dividend yield projetado para este ano de 17,38%

Investidor apaixonado amor
(Shutterstock)

SÃO PAULO - A Economatica divulgou nesta terça-feira (2) um levantamento das 16 ações candidatas a pagarem bons dividendos em 2018. No topo do ranking, aparecem os papéis da Eztec (EZTC3), representante de um setor não muito conhecido por essa característica, mas que, segundo a consultoria, tem um dividend yield (dividendos pelo preço da ação) projetado para o final desse ano de impressionantes 17,38%. 

Quer saber quais são as perspectivas para esse ano? Confira o guia Onde Investir 2018. Para ver o nosso conteúdo completo, clique aqui.

O cálculo leva em consideração o preço da ação no último dia do ano passado e o mesmo volume de dividendos e juros sobre capital próprio distribuído pela ação no ano de 2017. No entanto, a consultoria diz que, com lucro 44,9% maior nos nove meses de 2017 em comparação com o mesmo período de 2016, o volume de dividendos que a empresa pode distribuir em 2018 pode ser superior ao visto no ano passado. Vale menção que no começo de dezembro de 2017 a companhia chamou atenção após anunciar que pagaria R$ 440 milhões em dividendos, ou R$ 2,67 por ação. No programa "Comprar ou Vender", da InfoMoneyTV, do dia 5 daquele mês, o analista Marco Saravalle, da XP Investimentos, dizia por que acreditava que isso poderia ser apenas o começo para o setor (veja aqui). 

"Top 6"
Além da Eztec, destaque para outras 5 ações que devem ter um dividend yield superior à taxa Selic, que, segundo o relatório Focus desta terça-feira, deve fechar 2018 em 6,75% ao ano. São elas: Multiplus (9,48%), SLC Agrícola (8,31%), Copel ON (8,25%), Copel PN (7,79%) e Engie (7,65%). 

O ranking elaborado pela consultoria leva em consideração apenas papéis com volume financeiro médio diário superior a R$ 500 mil por dia; empresas que tenham registrado lucro em 2016 e nos nove primeiros meses de 2017; que o lucro do acumulado dos nove meses de 2017 seja, pelo menos, 75% do lucro registrado em 2016 (a empresa deverá atingir lucro em 2017 igual ou superior a 2016); que a política de dividendos e juros sobre capital próprio em 2018 seja equivalente ou superior a de 2017; e ação que tenha distribuído dividendos ou juros sobre capital próprio em 2017. 

Veja a lista completa abaixo:

Quer investir em ações? Clique aqui e abra gratuitamente sua conta na XP Investimentos

Contato