Em mercados / acoes-e-indices

Radar: Eletrobras e Suzano sobem forte; Gol encerra atividades da Webjet

Restrição de receita motivou Celesc a não aceitar proposta de renovação; Antonio Ramatis Rodrigues é eleito presidente da ViaVarejo

Gol sobrevoa São Paulo
(Divulgação)

SÃO PAULO - Em dia de forte instabilidade, o Ibovespa inverteu tendência e operava às 13h30 (horário de Brasília) em alta de 1,40% no pregão desta sexta-feira (23) após notícias da Grécia. A volatilidade é vista como natural por conta do pregão será mais curto nos EUA, por conta do "Black Friday". 

Ainda pela manhã, o FMI (Fundo Monetário Internacional) informou que relaxou sua meta de redução da dívida para a Grécia e há apenas uma diferença de € 10 bilhões a ser preenchida para que uma importante parcela de ajuda seja paga, disse nesta sexta-feira o ministro das Finanças grego, Yannis Stournaras.

Após quedas recentes Eletrobras sobe forte, mas cenário segue desafiador
Entre as ações em destaque no setor corporativo, bastante penalizadas durante a semana, quando acumulam perdas de cerca de 30%, as ações da Eletrobras (ELET3, R$ 6,68, +8,44%; ELET6, R$ 7,94, +8,77%) aparecem na ponta positiva no pregão, sinalizando um movimento de correção.

Mesmo com a alta no dia, as ações ELET3 e ELET6 acumulam perdas de mais de 60% no ano e apesar de movimento de repique visto na sessão, a equipe de análise da XP Investimentos afirma em relatório que o cenário desafiador para a estatal não sofreu modificação.

Eletrobras não receberá ajuda do Tesouro Nacional
Ainda sobre a estatal, apesar das quedas recentes em suas ações, a Eletrobras  não receberá ajuda do Tesouro Nacional. É o que afirmou o secretário-executivo do MME (Ministério de Minas e Energia), Márcio Zimmermann, em entrevista ao Valor Econômico. A notícia comenta que apesar da hipótese ter sido levantada, o capital da empresa não será socorrido pelo Tesouro.

Ações da Suzano sobem forte
Os papéis da Suzano (SUZB5, R$ 6,14, +4,42%) ganham força no pregão, após o anúncio de recompra de ações e substituição do diretor-presidente. 

A Suzano aprovou na véspera o programa de recompra de 12 milhões de ações classe A, com o prazo de 90 dias. "Um anúncio como esse tende a trazer volatilidade para os papéis no curto prazo, pois os investidores entendem que a empresa confia no próprio negócio e na sua estratégia de crescimento", comenta o analista Eduardo Machado, da Amaril Franklin.

Gol anuncia encerramento das atividades da Webjet e passa a operar voos
No setor aéreo, a Gol (GOLL4, R$ 9,42, +0,41%) informou o início do processo de encerramento das atividades de sua controlada Webjet, que terá a marca descontinuada.

De acordo com a companhia, a primeira medida é a extinção das operações de voo. Como consequência do encerramento das operações, a Webjet desliga aproximadamente 850 colaboradores entre tripulação técnica, tripulação comercial e manutenção de aeronaves. 

A companhia informou ainda que os clientes e passageiros da Webjet terão a assistência da Gol e terão seus voos garantidos.

Graça Foster afirma que alta de gasolina não é urgente
Enquanto isso, a presidente da Petrobras (PETR3, R$ 19,37, +0,62%; PETR4, R$ 18,87, +1,18%), Maria das Graças Foster, afirmou que não há data definida e nem urgência para reajuste dos preços da gasolina.

De acordo com matéria do Valor Econômico, a presidente afirmou no Rio Grande do Sul que o caixa da estatal está bem e terminará 2012 numa situação "bastante saudável", apesar de este ser o ano de maior volume de investimentos da história da companhia, de cerca de R$ 85 bilhões.

Antonio Ramatis Rodrigues é eleito presidente da ViaVarejo
Além disso,m a ViaVarejo (VVAR3, R$ 17,90, 0,00%), unidade de eletroeletrônicos e vendas online do Grupo Pão de Açúcar (PCAR4, R$ 91,89, +0,21%), elegeu o executivo Antonio Ramatis Rodrigues como novo presidente-executivo, em reunião do Conselho de Administração.

Ramatis Rodrigues substitui Raphael Klein, que ocupava a posição desde a associação entre Casas Bahia e Grupo Pão de Açúcar, em 2010. Klein passará a fazer parte do Conselho de Administração da companhia.

Cemig faz mudanças na diretoria executiva
Também no setor elétrico, a Cemig (CMIG4, R$ 24,48, +2,56%) comunicou que seu conselho de administração aprovou a alteração na composição de sua diretoria executiva. A companhia anunciou que em virtude da renuncia do diretor interino de gás, João Luiz Senra de Vilhena, foi realizado o remanejamento do diretor de distribuição e comercialização, José Carlos de Mattos, para assumir o cargo de Vilhena.

Já para o posto de Mattos, foi realizada a eleição de Ricardo José Charbel para diretor de distribuição e comercialização.

Governo de SP ainda não decidiu sobre renovação da Cesp
Já o governo do Estado de São Paulo ainda não tem uma posição sobre a possível renovação antecipada das concessões da Cesp (CESP6, R$ 18,86, +2,80%)  que vencem entre 2015 e 2017, afirmou o governador paulista, Geraldo Alckmin.

"Ainda não, vamos avaliar até o dia 4 (de dezembro)", disse a repórteres, referindo-se ao prazo fixado pelo governo federal para que as companhias elétricas envolvidas na proposta decidam se vão aderir.

Restrição de receita motivou Celesc a não aceitar proposta de renovação
No mesmo setor, a Celesc (CLSC4, R$ 25,60, -1,54%) informou que a diretoria e o conselho de administração da companhia negaram a proposta de renovação das concessões feita pelo governo - via Medida Provisória 579 - por conta de "premissas de caráter técnico". Entre os fatores listados, a empresa citou a restrição de receita da ordem de 79,0%.

Nesta sexta-feira, a elétrica informou que não concordou com a renovação das concessões das Usinas Hidrelétricas Bracinho, Garcia, Cedros, Salto, Ivo Silveira, Palmeiras e Pery.

HRT possui reservas de 5,1 bilhões de barris de petróleo
Além disso, a HRT Petróleo (HRTP3, R$ 5,37, +3,27%) possui reservas de 5,1 bilhões de barris de óleo e condensado, além de 2,3 bilhões de BOE (barris de óleo equivalente) de gás associado e gás não associado, mostrou relatório da consultoria DeGolyer & MacNaughton divulgado nesta quinta-feira. Esse número mostra um avanço de 457 milhões de BOE nas reservas da companhia. 

Arlindo de Azevedo Moura será novo presidente da Vanguarda
Por sua vez, o Conselho de Administração da Vanguarda (VAGR3, R$ 0,38, +5,56%) elegeu Arlindo de Azevedo Moura como novo diretor-presidente da empresa de produtos agrícolas, com efeito a partir de 1o de janeiro de 2013. Moura substituirá Bento Moreira Franco, cuja saída foi anunciada na quarta-feira.

Tupy confirma estudo para oferta de ações
A Tupy (TUPY3; R$ 50,00, 0,00%; TUPY4, R$ 45,00, +11,97%), confirmou que estuda, "em caráter preliminar", a realização de uma oferta pública de ações."A eventual realização da oferta e sua estrutura são assuntos ainda em discussão inicial e estarão sujeitos às aprovações internas no âmbito da companhia e às condições dos mercados de capitais nacional e internacional", disse a empresa, em nota.

Vale transmitirá via internet encontro com investidores em Londres
Por fim, a Vale (VALE3; R$ 36,29, 0,00%; VALE5, R$ 35,38, -0,11%) realizará no dia 6 de dezembro um encontro com os investidores e participantes do mercado em Londres. O evento, conhecido como "Vale Day", acontecerá na NYSE Euronext, localizada na capital britânica, e será transmitido ao vivo por webcast às 10h15 (horário de Brasília). 

Alguns dias antes, em 3 de dezembro, a mineradora também fará um evento com investidores em Nova York. O link para acompanhar via internet o encontro em Londres estará disponível no site da Vale (www.vale.com).

Acompanhe as cotações de todos os fundos imobiliários negociados na BM&FBovespa: http://www.infomoney.com.br/onde-investir/fundos-imobiliarios/cotacoes

 

Tudo sobre:  Bovespa   Ações  

Contato