Acima das expectativas

Ação da Tesla (TSLA34) dispara mais de 10% após lucrar US$ 3,3 bilhões no 1º trimestre

Companhia do bilionário Elon Musk, a pessoa mais rica do mundo, viu receita crescer com maior preço médio dos carros e aumento na entrega de veículos

Por  Lucas Sampaio -

As ações da Tesla (TSLA34) abriram em alta de mais de 10% nesta quinta-feira (21), um dia após a empresa divulgar um lucro líquido de US$ 3,318 bilhões no primeiro trimestre, bastante acima da expectativa do mercado.

A alta da companhia de Elon Musk diminuiu para 7,59% por volta das 12h, e os papéis fecharam o dia em alta de 3,23%, a US$ 1.0008,78 na Nasdaq, na contramão do pessimismo do mercado (as bolsas americanas caíram mais de 1%).

O lucro líquido por ação ficou em de US$ 3,22, contra US$ 2,26 projetados pelo consenso. Já a receita líquida atingiu US$ 18,76 bilhões entre janeiro e março deste ano, uma alta anual de 81% e acima das projeções de US$ 17,80 bilhões.

A Tesla disse que o crescimento da receita foi impulsionado por um maior preço médio de vendas e uma maior entrega de carros (foram 310 mil no trimestre). O Model 3 e Model Y representaram 95% das entregas (ou 295,3 mil carros).

As margens brutas automotivas saltaram para 32,9%, com a Tesla reportando lucro bruto de US$ 5,54 bilhões em seu principal segmento. Os créditos regulatórios representaram US$ 679 milhões de receita automotiva no trimestre.

“Esse foi o melhor resultado da historia da empresa, superando a margem obtida no ultimo trimestre, que ficou em 31,3%. Isso mesmo em um ambiente de inflação global de insumos”, afirma Natan Epstein, sócio da Catarina Capital.

Ainda não investe no exterior? Estrategista da XP dá aula gratuita sobre como virar sócio das maiores empresas do mundo, direto do seu celular – e sem falar inglês

Compartilhe