Desaceleração de preços

IGP-M desacelera para 0,52% em maio e acumula alta de 7,54% em 2022

Resultado do índice usado em contratos de aluguel registrou forte desaceleração em relação a abril (1,41%) e a maio de 2021 (4,10%)

Por  Agência Brasil -

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, subiu 0,52% em maio e registrou forte desaceleração em relação a abril (1,41%) e a maio de 2021 (4,10%).

Com o resultado, o IGP-M acumula valorização de 7,54% no ano e de 10,72% em 12 meses. Em maio de 2021, o IGP-M acumulava alta anual de 37,04%.

A desaceleração na taxa de maio do índice calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) foi puxada pelos preços no atacado e no varejo.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede o atacado, desacelerou de 1,45% em abril para 0,45% em maio.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede o varejo, passou de 1,53% em abril para 0,35% em maio.

Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) viu a alta diminuir de 0,87% para 1,49% de um mês para o outro.

9 formas de transformar o seu Imposto de Renda em dinheiro: um eBook gratuito te mostra como – acesse aqui!

Leia mais:

Compartilhe