Santorini fora da Grécia: turistas podem visitar resort que imita a ilha em Abu Dhabi

Destinada apenas para adultos, a propriedade tem diárias a partir de US$ 735

Bloomberg

Anatara Santorini Abu Dhabi Retreat (Divulgação)
Anatara Santorini Abu Dhabi Retreat (Divulgação)

Publicidade

A ilha grega Santorini, famosa por seu paradisíaco pôr do sol de cores intensas combinado com as construções nas encostas montanhosas dos penhascos e o azul vibrante do Mar Egeu, foi a inspiração para o resort à beira-mar Anantara, em Abu Dhabi, Capital dos Emirados Árabes Unidos, inaugurado no fim de fevereiro.

Inspirado no arquipélago, o Anantara Santorini Abu Dhabi Retreat está se posicionando como um refúgio sereno e romântico para os moradores de Dubai – a cerca de 40 minutos de carro do local – e de outros Emirados próximos, que mimetiza com muito luxo, o tradicional destino grego.

Destinada apenas para adultos, a propriedade tem 22 chaves, a partir de US$ 735 por noite, mas o gerente geral Rachid Bakas diz que espera que 50% dos negócios do hotel venham de aquisições de uso exclusivo para casamentos, aquisições corporativas e outros eventos. A Anantara tem como alvo a maior parte dos moradores locais, sobretudo durante os fins de semana, oferecendo passes para passar o dia a partir de 1.000 AED (US$ 272), que dão direito a alimentação e bebidas à beira da piscina infinita.

Continua depois da publicidade

“Temos um casamento marcado para outubro para uma família local”, diz Bakas. “Eles queriam ir a Santorini para tirar as fotos, mas considerando os custos, incluindo o voo para todos, fez mais sentido realizarem o casamento aqui”, completa.

Grécia na Arábia

Uma vez dentro dos portões de segurança do Anantara, um aglomerado de edifícios brancos se ergue como se tivesse sido transplantado das Cíclades para a Península Arábica – notavelmente ausentes, é claro, estão as igrejas com cúpulas azuis.

Para a construção do resort, Bakas conta que toda a equipe de design foi até Santorini, na Grécia, para ter ideias para os interiores da propriedade. A maioria dos quartos, cujas categorias têm nomes de aldeias de Santorini – Fira, Oia e Perissa –, tem terraços ou amplos pátios pintados de branco. E todos têm vista para o mar, “para que ninguém venha reclamar”, brinca Bakas. Além disso, o gerente destaca a piscina infinita.

Continua depois da publicidade

Há acesso 24 horas por dia, sete dias por semana, a um mordomo que pode organizar mergulhos com snorkel, piqueniques na praia e outras excursões.

O hotel oferece ainda um bar de coquetéis e um salão de charutos com temática da Grécia antiga, completo com afrescos de parede “envelhecidos” e luminárias modeladas a partir de capacetes de guerreiros. 

Para contribuir com a imersão, os hóspedes são convidados a desfrutar de xícaras de chá grego da montanha, feito da erva medicinal  Sideritis scardica, também conhecida como erva-ferro.

Continua depois da publicidade

Mas, para que você não esqueça que está no Oriente Médio em 2024, há um hammam – o espaço destinado ao conhecido banho turco – revestido de azulejos no spa. Dos dois restaurantes do resort, um tem cardápio tradicional grego e o outro oferece culinária árabe.

Anantara

A marca Anantara, que começou na Tailândia, é conhecida pelos seus resorts tranquilos em Phuket e Bali. O projeto que homenageia Santorini marca a sua expansão contínua nos Emirados Árabes Unidos, onde está localizado o famoso Anantara the Palm Dubai Resort e o Eastern Mangroves Hotel, nos arredores de Abu Dhabi.

Entre todos os megaprojetos modernistas da região, clubes de praia e jatos cuja hora sai a US$ 14 mil, há agora a estadia de US$ 735 por noite no local que homenageia um dos destinos insulares mais adorados da Europa.