MP que trata de valorização do mínimo deve ser votada em abril, diz Maia

Porém, se o governo enviar projeto com urgência e este for votado, a MP perderá o seu efeito, diz presidente da Câmara

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A Medida Provisória que trata do novo valor do salário mínimo deverá ser votada pelo Plenário em abril, afirmou nesta segunda-feira (7) o presidente da Câmara, Marcos Maia.

“Se for seguir a pauta, será votada em abril”, disse, sobre a MP 516/10, que fixou o salário mínimo em R$ 540. O governo já indicou a possibilidade de majorá-lo para R$ 545.

Apesar de a matéria estar prevista para abril, Maia disse que, se o governo enviar algum projeto de Lei com urgência à casa e esse for votado com parecer positivo, a MP perde seu efeito.

Aprenda a investir na bolsa

“Havendo acordo dos líderes, o projeto será votado antes da MP e ela perderá o efeito”, afirmou, segundo a Agência Câmara.

Valorização do mínimo
O governo sinalizou nesta segunda que vai enviar ao Congresso Nacional o projeto de valorização do mínimo e que uma reunião sobre o assunto acontecerá na terça (8) com os líderes da Câmara.

O projeto não prevê alterações quanto à política atual de majoração do piso: continuará a ser feita com base na variação da inflação do ano anterior mais o PIB (Produto Interno Bruto) registrado nos dois últimos anos.

O projeto prevê a valorização do mínimo até 2014.