Orçamento

Câmara corta salários de servidores que ganhavam acima do teto de R$ 28 mil

Redução nos salários irá representar economia anual de cerca de R$ 80 milhões

SÃO PAULO – A partir deste mês, a Câmara dos Deputados irá cortar o salário de 1.371 servidores que ganhavam acima do teto constitucional, de R$ 28.059,29. A decisão foi anunciada hoje pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves.

Segundo publicado pela Agência Câmara, a redução irá representar uma economia anual de aproximadamente R$ 80 milhões, que somados a um corte anterior de R$ 250 milhões do orçamento da casa para 2014, resultará em um corte de R$ 330 milhões para o próximo ano.

Além da redução dos salários, a Câmara também decidiu limitar em R$ 10 mil mensais, o gasto com aluguel de carros por parte dos gabinetes.

PUBLICIDADE