Conteúdo editorial apoiado por

Chilena ultrapassa brasileiro e se torna 2ª pessoa mais rica da América Latina; veja

O ranking é liderado por Carlos Slim Helú e o brasileiro Eduardo Saverin costumava ocupar o segundo lugar; não mais

Estadão Conteúdo

Família Luksic, do Chile, entre os mais ricos do mundo (Foto: Divulgação / The Luksic Scholars)
Família Luksic, do Chile, entre os mais ricos do mundo (Foto: Divulgação / The Luksic Scholars)

Publicidade

A lista da Forbes das pessoas mais ricas da América Latina continua sendo liderada pelo empresário mexicano do ramo das telecomunicações Carlos Slim Helú. No ranking mundial, o mexicano ocupa a 17ª posição. A fortuna do dono da América Móvil, maior empresa latino-americana de telefonia móvel, é estimada em US$ 91,6 bilhões.

O brasileiro Eduardo Saverin, que há dois meses ocupava o segundo lugar, foi ultrapassado pela chilena Iris Fontbona.

Veja abaixo quem são as cinco pessoas mais ricas da América Latina, de acordo com o ranking de bilionários em tempo real da revista Forbes do dia 14 de junho de 2024:

Continua depois da publicidade

1. Carlos Slim Helú e família
País: México
Patrimônio: US$ 91,6 bilhões
Além de controlar a América Móvil, Carlos Slim possui participações em empresas mexicanas de construção, bens de consumo, mineração e imobiliárias. O empresário e sua família possuem 76% do Grupo Carso, um dos maiores conglomerados da América Latina.

2. Iris Fontbona e família
País: Chile
Patrimônio: US$ 27,9 bilhões
Iris e seus filhos herdaram os negócios de seu falecido marido Andrónico Luksic. Ela é proprietária de minas de cobre no Chile. A família também tem uma participação majoritária no Quiñenco, um conglomerado chileno de capital aberto ativo nos setores bancário, cervejeiro e industrial.

3. Eduardo Saverin
País: Brasil
Patrimônio: US$ 27,9 bilhões
Eduardo cofundou o Facebook (M1TA34) junto com Mark Zuckerberg e outros três colegas, enquanto estudava na Universidade de Harvard, nos EUA. O brasileiro mais rico do mundo mora em Singapura e mantém a B Capital, empresa de investimentos focada em startups.

Continua depois da publicidade

4. Germán Larrea Mota Velasco e família
País: México
Patrimônio: US$ 27,5 bilhões
Germán possui a maior parte da Grupo México, a principal mineradora de cobre do país, com operações no Peru e nos EUA. A companhia também tem negócios em transportes e infraestrutura. Em 2014, a mineradora foi alvo de investigação depois de um vazamento na sua mina de cobre em Sonora, no México, ter contaminado dois rios próximos.

5. Vicky Safra e família
País: Brasil
Patrimônio: US$ 19 bilhões
Vicky e seus quatro filhos herdaram a fortuna de seu falecido marido e pai, o banqueiro Joseph Safra. A família é dona o Banco Safra no Brasil, o banco suíço J. Safra Sarasin e o Safra National Bank of New York. Um de seus filhos, Alberto Safra, deixou o Banco Safra em 2019 após desentendimento com a família e, em 2023, entrou na Justiça de Nova York contra a mãe e os irmãos, alegando diluição, de forma ilegal, de sua participação no Safra National Bank. A família nega.