Conteúdo editorial apoiado por

Celular “X”? Elon Musk não descarta parceria com Samsung para lançar aparelho

Possível colaboração seria uma forma de o empresário competir diretamente com a Apple no mercado de smartphones

Estadão Conteúdo

Bilionário Elon Musk Fonte: (David Swanson/REUTERS)
Bilionário Elon Musk Fonte: (David Swanson/REUTERS)

Publicidade

Elon Musk deu a entender que pode estar considerando uma parceria com a Samsung para lançar um smartphone próprio, apelidado de “Celular X”. A declaração veio após a Apple anunciar, durante a Worldwide Developers Conference (WWDC) 2024, a integração do ChatGPT, chatbot de inteligência artificial (IA) da OpenAI, em seus dispositivos.

A planilha que te ajuda a calcular a sua renda com Fundos Imobiliários

Em resposta a um tuíte que sugeria uma parceria entre sua empresa X (antigo Twitter) e a Samsung para desenvolver um “X Phone”, Musk afirmou que a ideia “não está fora de questão”. A possível colaboração com a Samsung seria uma forma de o empresário competir diretamente com a Apple no mercado de smartphones e oferecer uma alternativa aos usuários supostamente preocupados com a privacidade de seus dados.

Continua depois da publicidade

Confira aqui

Reação

Após o anúncio da parceria entre Apple e OpenAI, Musk reagiu à notícia, chamando-a de “violação de segurança inaceitável” e acusando a Apple de comprometer a segurança dos usuários. O bilionário chegou a ameaçar banir iPhones de suas empresas, como Tesla, SpaceX e SpaceX, alegando que a Apple “não tem ideia do que realmente está acontecendo” ao entregar dados à OpenAI.

Continua depois da publicidade

A relação entre Musk e a OpenAI, criadora do ChatGPT, é complexa. Musk foi um dos cofundadores da empresa em 2015, mas deixou o conselho em 2018. Desde então, ele tem sido um crítico da OpenAI, especialmente em relação à sua direção e esforços de comercialização.

Sobre o celular

Entre especificações imaginadas para o suposto “Celular X” estaria uma tela Oled de 6 polegadas, compatibilidade com a internet via satélite da Starlink, carregamento solar e poderia ser usado como controle remoto para os carros da Tesla. No entanto, até o momento, tudo não passa de especulação. A Samsung não se pronunciou sobre o assunto e não forneceu informações concretas sobre o desenvolvimento do “Celular X” ou se a parceria realmente se concretizará.

Continua depois da publicidade

A marca sul coreana tem uma política rígida de “collabs”. A última vez que lançou um smartphone em conjunto com outra empresa foi em 2014, com o Galaxy S5 Google Play Edition.