Conteúdo editorial apoiado por

Apple se torna primeira empresa a atingir US$1 trilhão em valor de marca

Fabricante de iPhone é a número um pelo terceiro ano consecutivo; Nvidia estreia com força no ranking

Reuters

iPhone 14 e iPhone 14 Plus (Imagem: Divulgação/Apple)
iPhone 14 e iPhone 14 Plus (Imagem: Divulgação/Apple)

Publicidade

A Apple (AAPL) se tornou a primeira empresa a ultrapassar US$ 1 trilhão em valor de marca, um salto de 15% em relação ao ano passado, enquanto o valor da Nvidia quase triplicou, mostrou nesta quarta-feira (12) um ranking global da BrandZ, da Kantar.

A fabricante do iPhone manteve em 2024 o título de marca mais valiosa do mundo pelo terceiro ano consecutivo, seguida pela Alphabet, com US$ 753 bilhões, e pela Microsoft, com US$ 713 bilhões, disse a Kantar.

Diversifique investindo no Brasil e no exterior usando o mesmo App com o Investimento Global XP

Continua depois da publicidade

Nesta semana, a Apple revelou novos recursos de inteligência artificial, que devem reacender a demanda por iPhones e reverter a queda nas vendas de seu principal produto devido aos gastos instáveis dos consumidores e ao ressurgimento de rivais.

“A Apple tem sido consistentemente capaz de fornecer produtos, serviços e mensagens que ressoam de perto com os consumidores, criando uma forte base de fãs para a marca”, disse o analista da Counterpoint, Varun Mishra.

Com uma capitalização de mercado de US$ 3,18 trilhões, a Apple está à frente da Nvidia com US$ 2,97 trilhões.

Continua depois da publicidade

Na esteira de uma onda de entusiasmo com IA e um boom na demanda por chips, a Nvidia entrou pela primeira vez na lista da Kantar das dez marcas mais valiosas do mundo.

O valor de sua marca saltou para mais de US$ 200 bilhões em relação ao ano anterior, tornando a Nvidia a sexta marca mais valiosa, disse a Kantar.

A Kantar informou que sua pesquisa abrangeu mais de 4,3 milhões de entrevistas com consumidores em 532 categorias, além de 21.000 marcas diferentes em 54 mercados.