Stock Pickers

As estratégias do fundo que rendeu 5 vezes o Ibovespa nos últimos três anos

Octavio Magalhães, diretor de investimentos na Guepardo Investimentos, falou sobre as estratégias do fundo no episódio 142 do Stock Pickers

Por  Equipe Stock Pickers

Após fechar o ano passado com queda de quase 12%, o Ibovespa começou 2022 com o pé direito. Após uma sequência de altas, o índice chegou a superar os 120 mil pontos, com uma valorização de quase 16%. Esse desempenho, no entanto, perdeu fôlego nos últimos dias e o Ibovespa caiu quase 6% desde seu pico até o fechamento de quarta (isso sem levar em conta a forte queda do índice nesta sexta-feira).

Para Octavio Magalhães, diretor de investimentos na Guepardo Investimentos, esta performance recente não indica que o bom momento da bolsa brasileira passou. Segundo ele, o Ibovespa ainda está muito barato e tem muito espaço para subir. “Está tudo barato e eu acho que uma hora a bolsa precifica”, disse Magalhães, no episódio 142 do Stock Pickers.

O diretor de investimentos ainda ressaltou que, em momentos como o atual, de juros e inflação em alta e um baixo crescimento econômico, estar na bolsa é a melhor forma de se proteger. Para ele, mesmo que os ganhos de renda fixa estejam altos no momento, o investidor não deve abrir mão da bolsa. “Tem volatilidade, mas no longo prazo é a melhor opção”, afirmou ele.

 Apostas da Guepardo

O fundo Guepardo Institucional FIC Ações conquistou o prêmio de melhor fundo de renda variável do do ranking InfoMoney-Ibmec. Nos últimos 3 anos, o fundo rendeu 5x o Ibovespa.

A ação com a maior participação do fundo é a da Vulcabras (VULC3), fabricante de calçados que detém marcas como Mizuno, Olympikus e Under Armour. Segundo Magalhães, a empresa é negociada a múltiplos “baixíssimos” e “está esquecida” pelo mercado, por isso ainda não decolou.

Apesar disso, ele destaca que a ação representa mais de 20% do fundo e é um dos principais fatores para o bom desempenho dele. “É nossa maior posição, continuamos achando muito barata. Em uma empresa pouco alavancada eu consigo ter uma posição dessa”, afirma.

Outras ações que com grande participação no fundo são Itaú (ITUB4) e Ânima (ANIM3). Sendo a segunda maior posição do Guepardo Institucional FIC Ações, Magalhães diz que a empresa não deve sofrer com o crescimento das fintechs. Para ele, o banco está se reinventando e conta com a expertise de um grande banco.

“Temos uma opinião muito oposta de todos os lugares em relação ao Itaú. Acho que está extremamente descontado e vai entregar rentabilidade boa. O valuation está muito baixo hoje, abaixo de 2019, quando comprou participação na XP”, ressalta ele.

Já em relação a Ânima, ele ressalta que o setor inteiro de educação está descontado. Porém, tem preferência pela companhia devido a sua subsidiária Inspirali, a vertical de medicina do grupo. “A gente acha que a empresa vale hoje 3x ou 4x o valor de bolsa”, conta Magalhães.

Venda de Petrobras (PETR4)

Uma posição importante do fundo, mas vendida recentemente, é a da Petrobras (PETR4). A posição relevante na empresa foi montada durante o pior momento da pandemia. “Não costumamos investir em estatal, mas ela estava barata. Não sabíamos quanto íamos ganhar, só que íamos ganhar muito ou pouco”, afirmou no Stock Pickers.

Porém, recentemente, todas as ações da empresa foram vendidas. Segundo o diretor de investimentos, a ação continua barata, mas as incertezas são muito grandes. Com a chegada das eleições e a indefinição de quem será o próximo presidente, os rumos da empresa são muito incertos.

Dessa forma, ele enxerga que o papel pode tanto subir, como cair mais de 50%, o que não é o tipo de risco que o fundo busca tomar. “Tenho que ter uma margem de segurança boa e eu não tenho isso hoje na Petrobras (PETR4).

Para mais detalhes sobre as estratégias do fundo Guepardo Institucional FIC Ações, assista ao episódio 142 do Stock Pickers.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe