Impeachment

Votação irá começar 14h domingo e deve durar o mesmo que 1992, diz Bruno Araújo

De acordo com o deputado tucano, na sexta-feira será a vez de acusação e defesa falarem, enquanto no sábado cada partido poderá falar por uma hora no plenário

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Na preparação para a votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff que ocorre no plenário da Câmara neste final de semana, o deputado Bruno Araújo (PSDB) confirmou que a sessão que irá debater o tema na sexta-feira (15) começará às 8h55 (horário de Brasília), com falas da acusação e da defesa.

Já a votação, que está programada para domingo (17) e começará às 14h, segundo o tucano. “Não tenho como estimar a duração da sessão domingo”, disse Araújo completando que “a votação irá durar o mesmo que em 1992”, fazendo referência ao impeachment do ex-presidente Fernando Collor.

De acordo com Araújo, cada deputado terá dez segundos para encaminhar o voto. Ainda no sábado será a vez das discussões, e cada partido terá uma hora para falar no plenário, explicou o tucano.

Aprenda a investir na bolsa

Especiais InfoMoney:

Carteira InfoMoney rende 17% no 1º trimestre; 5 novos papéis entraram no portfólio de abril

Trader que perdeu R$ 285.000 com Telebras conta como deu a volta por cima

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa