EM DESTAQUE EUA surpreendem e criam 2,5 milhões de empregos em maio; taxa de desemprego cai a 13,3%

EUA surpreendem e criam 2,5 milhões de empregos em maio; taxa de desemprego cai a 13,3%

Vendas de material de construção ficam estáveis em maio

No acumulado do ano, o setor registrou crescimento de 2,5% e nos últimos 12 meses, o crescimento verificado foi de 7,5%

SÃO PAULO – As vendas no varejo de material de construção ficaram estáveis em maio na comparação com o mês de abril, segundo levantamento realizado pela Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção), em parceria com o Ibope Inteligência e divulgado nesta quarta-feira (1).

No confronto com maio do ano passado, por sua vez, houve queda de 6% no volume de vendas. “Para o nosso setor começa a ficar claro que a dose para segurar a economia pode ter sido exagerada. Os segmentos estão reagindo diferente uns dos outros”, disse o presidente da entidade, Cláudio Elias Conz.

No acumulado do ano, o setor registrou crescimento de 2,5% e nos últimos 12 meses, o crescimento verificado foi de 7,5%.

PUBLICIDADE

Segmentos
De acordo com o levantamento, o setor de fios e cabos de aço registrou o melhor desempenho no mês de maio, com aumento de vendas de 2,5%.

Já os setores de cimento, argamassas e tubos e conexões tiveram queda em relação a abril. Metais sanitários e cerâmicas se mantiveram estáveis, de acordo com a Anamaco.

Perspectivas
Apesar da queda em relação ao mês de maio de 2010, a Anamaco ainda prevê crescimento das vendas este ano.

“Nossa estimativa ainda é a de fechar o ano de 2011 com 8,5% de crescimento sobre 2010, até em função da construção de 2 milhões de casas pelo Minha Casa Minha Vida e a aceleração prevista do PAC, que darão sustentação às vendas no segundo semestre”, afirmou Conz.