Tentativa de barrar recursos é frustrada e Obama terá acesso ao dinheiro do Tarp

Grupo de republicanos tentava restringir uso dos US$ 350 bilhões remanescentes pelo presidente-eleito, mas não obtém votos suficientes

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O grupo de republicanos que tentou barrar o acesso de Barack Obama aos US$ 350 bilhões remanescentes do Tarp (Troubled Asset Relief Program) falhou na noite desta quinta-feira (15). A votação do bloqueio no Congresso não atingiu o volume suficiente de partidários contrários à liberação do dinheiro.

O placar da votação foi de 52 senadores contra o bloqueio e 42 a favor. Assim, o presidente-eleito terá acesso ao montante não utilizado do plano de alívio ao sistema financeiro.

Obama havia requisitado os US$ 350 bilhões a George W. Bush no início da semana e havia recebido apoio do atual presidente. Após o pedido formal, oito partidários republicanos liderados pelo senador David Vitter se manifestaram contra a liberação do recurso para o presidente-eleito.

Resistência

PUBLICIDADE

Na ocasião, Vitter chegou a afirmar que “não vamos dar carta-branca a outra administração fazer o que bem entende”. A resistência republicana já faz parte das últimas medidas de estímulo econômico anunciadas pelo governo norte-americano, haja vista todo o impasse criado durante o processo de aprovação do Tarp no ano passado.