Brasília

Temer não vai à abertura do ano legislativo no Congresso

O regimento do Congresso não obriga a presença física do presidente da República na cerimônica

BRASÍLIA – O presidente Michel Temer não irá à sessão de abertura do ano legislativo de 2017, que ocorre hoje (2), às 16h, na Câmara dos Deputados. Tradicionalmente, a sessão é aberta com a leitura de uma mensagem do presidente da República ao Poder Legislativo. Seguindo o protocolo adotado nos últimos anos, a mensagem será levada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha.

O Regimento do Congresso Nacional não obriga a presença física do presidente da República na cerimônia. A mensagem tanto pode ser levada pelo próprio presidente, quanto pelo ministro-chefe da Casa Civil. Quando a mensagem é levada por ministro, a leitura é feita pelo primeiro-secretário da Câmara, que será escolhido ainda hoje em eleição da nova Mesa Diretora da Casa.

A expectativa é que a mensagem presidencial foque nas reformas que aguardam aprovação do Congresso Nacional, como reforma da Previdência, além de destacar medidas para retomada do crescimento econômico.

PUBLICIDADE

Mudança
Ontem (1°) à noite, a assessoria do presidente Michel Temer chegou a enviar para os jornalistas uma agenda com previsão da participação do presidente na cerimônia. A confirmação foi publicada no portal da Câmara na internet.

Hoje pela manhã, no entanto, a assessoria afirmou que o presidente não irá mais à cerimônia. Michel Temer se reúne neste momento com ministros, entre eles o da Justiça, Alexandre de Moraes, e das Relações Exteriores, José Serra, além de integrantes do Gabinete de Segurança Institucional, para tratar da visita do presidente argentino Maurício Macri ao Brasil, prevista para a próxima terça-feira (7).