AO VIVO CEO da Locaweb detalha impacto do coronavírus no setor; assista e faça perguntas

CEO da Locaweb detalha impacto do coronavírus no setor; assista e faça perguntas

Apagar das luzes

Temer deve liberar “pacote de bondades” de R$ 7 bilhões para o Congresso ainda em 2016, diz jornal

Presidente deve destinar R$ 840 milhões às emendas de parlamentares, segundo jornal O Estado de S.Paulo

SÃO PAULO – No apagar das luzes de 2016, o presidente Michel Temer deve fazer um aceno a deputados e senadores como forma de manter sua base de sustentação no Congresso. Segundo o jornal o Estado de S.Paulo, dos R$ 7,29 bilhões que devem ser liberados hoje, R$ 6,45 bilhões serão destinados a emendas impositivas e restos a pagar desde 2007. Já outros R$ 840 milhões vão para as emendas dos parlamentares, que comemorarm a decisão, segundo a publicação.

É por meio destas emendas que deputados conseguem recursos para obras e projetos em seus redutos eleitorais. A liberação da verba é uma forma de o governo manter boas relações com os parlamentares, especialmente em um momento de intensificação da crise política, e da necessidade do governo de aprovar medidas importantes para o ajuste fiscal, como a reforma da Previdência.

O “pacote de bondades” a ser anunciado nesta quinta-feira (29) deve incluir ainda a aprovação de pacote que institui cotas para deficientes nas universidades e leis sobre vigilância sanitária e controle de medicamentos.