Política

STF mantém liminar que suspende emendas de relator com placar final de 8 a 2

Apenas Gilmar Mendes e Nunes Marques apresentaram votos contrários à liminar dada pela ministra em ação impetrada pelo PSOL

Por  Reuters -

BRASÍLIA – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli acompanhou o voto da ministra Rosa Weber e encerrou o julgamento que suspendeu, por liminar, o pagamento das chamadas emendas de relator em 8 votos favoráveis e dois contrários.

Toffoli foi o último ministro a votar.

Apenas Gilmar Mendes e Nunes Marques apresentaram votos contrários à liminar dada pela ministra em ação impetrada pelo PSOL.

Na decisão, Rosa Weber determinou a suspensão do pagamento das emendas e a publicidade dos valores distribuídos, parlamentares beneficiados e uso dos recursos.

A ação ainda terá o mérito apreciado pelo plenário do STF.

Compartilhe