Standard & Poor’s rebaixa o rating de crédito da Ucrânia em dois níveis

Possível recusa do empréstimo de US$ 16,4 bilhões a ser fornecido pelo FMI estimula o corte por parte dos analistas

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A agência internacional de classificação de risco S&P (Standard & Poor´s) rebaixou nesta quarta-feira (25) os ratings de crédito da Ucrânia em dois níveis, após tê-lo colocado em observação com implicações negativas.

O rating de longo prazo do país foi rebaixado para “CCC+”, sete níveis abaixo do investment grade. Com isso, a Ucrânia detém agora o menor rating entre os países do continente europeu, comparado à nota atribuída ao Paquistão.

Em justificativa, os analistas da S&P atribuíram o corte ao impasse político que vive o país, entre o presidente Viktor Yushchenko e a primeira ministra Yulia Timoshenko, que ainda não entraram em acordo quanto ao orçamento público do país.

Implicação ruim

Aprenda a investir na bolsa

Segundo a equipe, a desavença pode levar o FMI (Fundo Monetário Internacional) a recusar emprestar os US$ 16,4 bilhões prometidos em novembro para ajudar a Ucrânia.