Senado e Câmara criarão comissão especial para reforma política

Objetivo da medida é simplificar o trabalho das CCJ e facilitar o entendimento entre as duas Casas, defende o PMDB

SÃO PAULO – O presidente do Senado, José Sarney (PMDB), e o presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB), criarão na próxima semana uma comissão para analisar as propostas sobre a reforma política.

O objetivo do governo é fazer, em um período de até quarenta dias, a sistematização dos projetos, de forma a facilitar o trabalho da CCJ (Comissões de Constituição e Justiça) quando for analisar as sugestões.

Para adiantar o processo, as comissões deverão receber os textos das propostas já de forma consolidada. De acordo com Temer, “isso facilitará a tramitação, já que as duas Casas se entenderão previamente sobre vários pontos da reforma”.

Decisões certas

PUBLICIDADE

“A questão da reforma política está amadurecida. É uma imposição da consciência nacional de quem tem de ser feita. E a maneira de fazer é tomando decisões que, até agora, não tinham sido tomadas”, afirmou José Sarney.