Revisão da meta

Sem apoio de Meirelles, governo começa a discutir revisão da meta fiscal de 2017, diz O Globo

Para o ministro da Fazenda, aumento do rombo nas contas públicas seria um golpe na credibilidade de política econômica

(Bloomberg) — O risco de paralisação da máquina pública por falta de recursos levou o governo a começar a discutir uma revisão da meta fiscal de 2017, segundo reportagem do Globo, citando interlocutores da Fazenda sem identificá-los.

Discussão não conta com apoio do ministro da Fazenda Henrique Meirelles, para quem um aumento do rombo nas contas públicas seria um golpe na credibilidade de política econômica, segundo a reportagem.
Ala política tem alertado que a escassez de recursos públicos para serviços importantes está se tornando um problema cada vez maior.
Medidas tomadas recentecemente, como o corte de gastos e aumento do PIS/Cofins dos combustíveis, não serão suficiente para fechar as contas, diz a reportagem, citando técnicos.
Fazenda conta com receitas de concessões e permissões para conseguir atingir a meta de 2017, além do ingresso de recursos decorrentes da venda da Lotex.

 

Esta matéria foi publicada em tempo realapara assinantes do serviço BloombergaProfessional.

PUBLICIDADE