Romero Jucá garante que José Sarney não disputará a presidência do Senado

Líder do governo na Casa acredita que até a próxima terça-feira o PMDB escolherá um candidato único para indicar

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O líder do governo no Senado, Romero Jucá, garantiu nesta segunda-feira (10), para a decepção de seu partido, o PMDB, que o senador José Sarney não vai disputar as eleições para a presidência da Casa.

Jucá disse que o ex-presidente da república não aceitou o convite de alguns peemedebistas para ser indicado pelo partido para a vaga de Renan Calheiros, que renunciou ao cargo na última semana.

Os peemedebistas admitem que o nome de Sarney seria capaz de reunir a bancada e evitar disputas que comprometeriam a unidade do partido no Senado. “Na minha avaliação, ele é o melhor nome”, afirmou Jucá.

Disputa interna

Aprenda a investir na bolsa

O líder do governo também disse acreditar que até a próxima terça-feira (11) o PMDB escolherá um candidato único para indicar à presidência da Casa.

Os senadores Garibaldi Alves, Neuto de Conto, Valter Pereira e Leomar Quitanilha apresentaram seus nomes para concorrer ao cargo.

Um grupo suprapartidário de senadores também lançou a candidatura de Pedro Simon, mas o peemedebista afirma que só entrará na disputa se o partido lançar o seu nome oficialmente.