Renan Calheiros renova pedido de licença da presidência do Senado

Senador afirmou que não pretende interferir nos processos que sofre por quebra de decoro parlamentar

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O senador Renan Calheiros prorrogou nesta quarta-feira (21) sua licença da presidência do Senado por mais 35 dias. Com a renovação da licença, o parlamentar ficará fora do cargo até 29 de dezembro.

Em licença desde 11 de outubro, Renan deveria retornar às atividades na próxima segunda-feira. O pedido da nova licença já foi entregue à Mesa Diretora do Senado.

Sem interferência

A renovação acontece depois do presidente interino do Senado, Tião Viana, adiar para o início de dezembro a votação do processo de cassação que tramita contra Renan. A decisão de Viana foi tomada depois que a oposição decidiu adiar a entrega do relatório sobre o caso na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça).

PUBLICIDADE

Por meio de uma nota, Renan justificou a licença afirmando que, com a prorrogação do prazo para votação, não pretende interferir nos processos que sofre por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética da Casa.

O senador teve a cassação recomendada ao plenário por conta da representação apresentada pelo DEM e pelo PSDB que acusa o senador de manter sociedade por meio de “laranjas” em duas emissoras de rádio e em um jornal de Alagoas.