Urgente

PSDB tira relator de denúncia contra Michel Temer da CCJ

Para se manter na relatoria da denúncia contra Michel Temer, o deputado precisará que outra sigla aceite ceder uma vaga na comissão para abrigá-lo

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O PSDB anunciou, nesta quinta-feira (5), que vai tirar o deputado Bonifácio Andrada (MG) da vaga do partido na CCJC (Comissão de Constituição, Justiça e de Cidadania) da Câmara. O parlamentar havia sido designado relator da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer. Para manter a função, ele precisará que outra sigla aceite ceder uma vaga na comissão para abrigá-lo.

A decisão foi comunicada no Senado pelo presidente do partido, senador Tasso Jereissati (CE), e pelo líder da sigla na Câmara, deputado Ricardo Tripoli (SP). Também presente na ocasião, Andrada disse que não concordou com a atitude do partido, mas que vai aceitar ocupar o assento de outra legenda no colegiado.

A escolha do tucano como relator da segunda denúncia contra Temer, feita na semana passada pelo presidente da CCJ, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), contrariou a bancada do partido na Câmara e foi atribuída a uma articulação do próprio governo.

Aprenda a investir na bolsa