Prorrogação da CPMF até 2011 deverá ser decidida a partir do dia 09

A votação em primeiro turno foi concluída na madrugada desta quinta-feira (27) e é preciso haver um intervalo de 5 sessões

SÃO PAULO – A votação em segundo turno da prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) até 2011 deverá ser feita a partir do dia 09 de outubro, de acordo com o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia.

Conforme divulgou a Agência Câmara, a votação em primeiro turno foi concluída na madrugada desta quinta-feira (27), com a rejeição de todas as emendas e destaques e a manutenção da alíquota em 0,38%.

Governo quer votação antes

Segundo o vice-líder do governo, deputado Henrique Fontana Júnior (PT-RS), o governo vai discutir acordo para votar a prorrogação da CPMF, em segundo turno, ainda na próxima semana. O intervalo obrigatório, de cinco sessões, vence na próxima quinta-feira (4).

PUBLICIDADE

Uma das possibilidades para isso ocorrer é convocar uma sessão extraordinária nesse mesmo dia. Por isso, o governo já está mobilizando as lideranças da base aliada para garantir quórum nas sessões de sexta (28) e segunda-feira (01) e evitar atrasos na contagem do prazo regimental entre os dois turnos de votação.

Oposição quer atrasar

Por outro lado, o líder do DEM, deputado Onyx Lorenzoni (RS), anunciou que seu partido manterá a estratégia de obstruir as votações e usar mecanismos regimentais para atrasar as deliberações na próxima semana.

De acordo com ele, a intenção do partido é impedir a votação da prorrogação da CPMF em segundo turno. “Quanto mais tempo a matéria ficar na Câmara, maior será a dificuldade do governo para negociar um acordo no Senado”, afirmou.